Tópicos em alta: polícia / chuva

Mercedes anuncia contratação de 25 temporários para JF

Ao todo no país, montadora pretende contratar 600 trabalhadores para aumentar volume de produção

Por Tribuna

04/12/2018 às 20h05

A Mercedes-Benz do Brasil pretende contratar 600 trabalhadores temporários para aumentar o volume de produção de caminhões e agregados, de olho na expectativa de incremento da demanda no mercado brasileiro em 2019. Do total, 400 horistas temporários já estão sendo selecionados para ingressar, em janeiro, na produção de caminhões. Embora a maioria seja direcionada para a fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo, há previsão de 25 colaboradores temporários para a fábrica juiz-forana.

Conforme a montadora, numa negociação que contou com a participação do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, 200 outras vagas serão preenchidas em abril de 2019, na fábrica paulista, desde que o mercado de caminhões mantenha a tendência de expansão.

O conteúdo continua após o anúncio

“Estamos contentes com esse movimento de negócios que gera novos empregos. Com essas novas vagas, a empresa terá criado mais de 1.400 postos de trabalho desde dezembro de 2017 em suas duas fábricas de veículos comerciais”, diz Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina. Depois de quatro anos, a empresa volta a produzir com dois turnos em caminhões, tanto em São Bernardo do Campo quanto em Juiz de Fora, e com três turnos em algumas áreas de agregados (motores, câmbios e eixos).

Segundo Schiemer, até 2019, metade do investimento de R$ 2,4 bilhões anunciado para o período de cinco anos, entre 2018 e 2022, já será realizado. O valor, informou a montadora, dá continuidade à modernização das fábricas de caminhões e chassis de ônibus de São Bernardo do Campo e Juiz de Fora, seguindo o conceito de indústria 4.0. O objetivo da empresa é tornar as plantas brasileiras ainda mais competitivas. Nesse montante, constam, ainda, a melhoria contínua dos veículos comerciais da marca e o desenvolvimento de novos produtos e de tecnologias em serviços e conectividade.

 

Receba nossa
Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail



Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia