Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Massa de ar seco deixa tempo estável em Juiz de Fora

Máximas não ultrapassam os 25 graus; umidade relativa do ar pode atingir níveis na casa dos 30%


Por Tribuna

04/07/2022 às 20h06

Tempo firme, com céu claro e pouca umidade relativa do ar, deve marcar os próximos dias em Juiz de Fora (Foto: Leonardo Costa)

Ao longo da próxima semana, uma massa de ar seco deixa o tempo estável em Juiz de Fora, com predomínio de sol e temperaturas amenas. Os termômetros seguem sem alterações significativas nos próximos dias e as máximas não devem ultrapassar os 25 graus. As baixas temperaturas ocorrem na parte da manhã e durante a noite, com mínimas variando entre 13 e 14 graus.

O conteúdo continua após o anúncio

De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a umidade relativa do ar pode chegar à casa dos 30% – o que é considerada uma situação de alerta para a Organização Mundial da Saúde (OMS), no qual os prejuízos para a saúde se tornam mais evidentes. Nesta segunda-feira (4), a umidade relativa, por volta das 14h, estava em 50%.

Não são esperadas chuvas para região nos próximos dias. Na terça-feira (5), o céu deve ficar claro a parcialmente nublado, com chance de névoa seca pela manhã. A máxima fica em torno dos 23 graus e a mínima pode atingir os 14. Segundo os termômetros do 5º Distrito de Meteorologia do Inmet, nesta segunda, a máxima foi de 22,1, e a mínima, de 13,7 no Campus da UFJF, onde fica instalada a estação.

Os comentários nas postagens e os conteúdos dos colunistas não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir comentários que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia