Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Estado registra mais de 12 mil novos casos de coronavírus

Com 280 mortes por Covid-19 em 24 horas, Minas chega a 42 mil vidas perdidas por conta da doença


Por Tribuna

09/06/2021 às 11h57

Nas ultimas 24 horas, 12.716 pessoas tiveram diagnóstico de coronavírus confirmado em Minas Gerais. O avanço foi registrado em boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) nesta quarta-feira (9), que confirmou também 280 mortes causadas pela Covid-19 no prazo de um dia. O estado, agora, tem 42 mil vidas perdidas para a doença.

Segundo o informativo, Minas Gerais atingiu a marca de 1.646.104 infecções. Entre as pessoas contaminadas, 92.382 permanecem em acompanhamento pelas unidades de saúde do estado. Por outro lado, 1.511.722 são consideradas curadas após alta hospitalar ou período de pelo menos dez dias em isolamento domiciliar assintomático.

Ainda conforme o boletim estadual, 143.726 pessoas foram internadas em hospitais mineiros por complicações relacionadas ao coronavírus, em contabilização de todo o período epidêmico. Outros 1.502.378 contaminados realizaram apenas isolamento domiciliar.

O conteúdo continua após o anúncio

Vacinação

A SES-MG informa que 5.264.710 pessoas receberam a primeira dose do imunizante em Minas Gerais até o momento. Destas, 2.490.286 já completaram a vacinação com as duas doses. O estado recebeu 10.700.956 doses do Ministério da Saúde até então, sendo que já encaminhou 10.658.421 para as unidades regionais de saúde.

Juiz de Fora

Pelos dados do informativo, Juiz de Fora tem 32.626 contaminações confirmadas e 1.670 vítimas fatais da Covid-19. Dados mais recentes, emitidos na terça-feira (8) pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), no entanto, apontam para 34.813 casos diagnosticados de infecção e 1.680 óbitos na cidade. O município também tem 183.479 pessoas vacinadas com a primeira dose até o momento, de acordo com o “vacinômetro” da PJF.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Desenvolvido por Grupo Emedia