Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Adolescente de 16 anos mata idoso a facadas e chama a polícia em Juiz de Fora

Suspeito alegou vingança por já ter sido abusado sexualmente 


Por Sandra Zanella

24/06/2021 às 12h22

Um adolescente de 16 anos ligou para a Polícia Militar, no fim da noite de quarta-feira (23), confessando ter acabado de cometer um homicídio no Bairro Fábrica, Zona Norte de Juiz de Fora. A vítima é um idoso, 68, que foi encontrado esfaqueado e já sem vida no interior de uma residência na Rua Bernardo Mascarenhas. O jovem alegou aos policiais que havia cometido o crime como vingança, por já ter sido abusado sexualmente pela vítima.

Durante a ligação ao 190, por volta das 23h30, o adolescente informou à PM que aguardaria a presença da equipe próximo a um posto de combustíveis. Quando os militares chegaram, o jovem estava em estado de choque, apresentando resquícios de sangue em suas vestes e no rosto. Ele contou que havia desferido várias facadas contra um homem e que possivelmente o havia matado. O infrator acrescentou ter deixado o local em seguida para fazer o acionamento da PM.

O conteúdo continua após o anúncio

Diante das informações, os policiais foram até o local dos fatos, onde o idoso foi encontrado caído ao solo, ensanguentado e aparentemente sem vida, no interior da casa. Uma faca havia sido encontrada logo na entrada da residência, onde tinha também uma poça de sangue. O Samu foi acionado e confirmou o óbito, enquanto a perícia da Polícia Civil compareceu e realizou os trabalhos de praxe. O corpo foi levado para necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Segundo o registro policial, o adolescente contou ter conhecido o idoso há cerca de três anos, quando teria começado a ser abusado sexualmente, e que moraram juntos por um ano e meio. O jovem disse ter ido residir em um abrigo após esse período e ter ficado um ano sem contato com a vítima. Ele acrescentou ter fugido da casa de acolhimento há uma semana, já com a intenção de cometer o ato infracional, por conta dos abusos sofridos no passado. Dessa forma,  procurou o idoso na última terça, alegando que estaria sem local para dormir. Na noite seguinte, ao dizer que iria informar sobre os abusos à polícia, teria sido cercado pelo morador, contra o qual acabou desferindo os golpes de faca. Discussões e gritos chegaram a ser ouvidos na vizinhança.

O adolescente infrator foi apreendido pela PM e encaminhado ao plantão da Delegacia de Santa Terezinha, acompanhado de uma conselheira tutelar. A faca de uso doméstico que teria sido usada no assassinato foi recolhida no local, assim como três celulares e uma carteira contendo a quantia de R$100  em dinheiro. O caso é investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Desenvolvido por Grupo Emedia