Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Sala de jantar: clássico nada básico

Conforto e harmonia integrados com equilíbrio na escolha da mesa, cadeiras e detalhes do ambiente

Por Luiz Henrique Duarte

30/05/2021 às 07h00 - Atualizada 28/05/2021 às 20h40

A sala de jantar pode ser considerada o ambiente mais requintado de qualquer casa, devido aos cuidados com os detalhes que evidenciam o aconchego, conforto e elegância. É cada vez mais necessário criar e projetar espaços acolhedores e cheios de personalidade para as refeições como almoço e jantar, visando a uma atmosfera que irradia praticidade e modernidade ao mesmo tempo, porém com um estilo clássico nada básico.

As dimensões do espaço devem ser observadas para a escolha da mesa e cadeiras. O formato do tampo deverá ser levado em consideração, como o estilo da decoração de interiores. Os tampos redondos e retangulares são os mais clássicos, proporcionando inclusive a possibilidade de lugares extras à mesa, acomodando mais cadeiras quando necessário. O tampo laqueado, resinado, em mármore, madeira ou vidro, são os mais desejados, pois apresentam a facilidade de combinar com os outros elementos que compõem o espaço. Para escolher o melhor material, deverá ser considerado a resistência e durabilidade.

Outro fator importantíssimo são as cadeiras para a sala de jantar, que deverão reunir design, ergonomia e funcionalidade, trazendo uma estrutura com assento confortável e encosto agradável para degustação de alimentos. O capitonê é um acabamento clássico e pode ser utilizado nas cadeiras de cabeceira para promover maior beleza e leveza no ambiente. Os modelos de cadeiras podem ser menos robustos, caso as medidas da área destinada ao jantar sejam reduzidas.

O conteúdo continua após o anúncio

Em salas de estar e jantar integradas, que são compridas e estreitas ao mesmo tempo, uma das paredes pode ser a protagonista do espaço, ganhando destaque através de painéis em couro legítimo com destaque para os amadeirados também. Os pequenos detalhes ficam por conta dos perfis em dourado, que soltam uma luz acolhedora indireta evocando um toque diferenciado, elegante e uniforme.

O mármore usado no revestimento do piso gera uma sensação de amplitude contínua e uniforme. Um envolvente lustre em cristal com pingentes em profusão é centralizado no rebaixamento do teto sintetizando o contexto clássico contemporâneo, ao mesmo tempo, que promove o equilíbrio e luxo na medida certa. Assim é a tendência do clássico nada básico! Lembre-se de completar com um aparador ou buffet de apoio.

Ficha técnica:
Jantar integrado: apartamento Patrícia e Bruno Beloti
Fotos: Kempton Viana
Projeto e interiores: Cinthia Pires Arquitetura
Seleção de imagens: Luiz Henrique Duarte e Cinthia Pires

Luiz Henrique Duarte

Luiz Henrique Duarte

Sou bacharel em direto, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, arquitetura e tudo relacionado à estética espacial dos ambientes e do bem viver.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia