Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Suíte da filha

Saiba montar um quarto infantil acolhedor com elementos clássicos e modernos

Por Luiz Henrique Duarte

04/04/2021 às 07h00 - Atualizada 02/04/2021 às 17h13

O rosa é o protagonista da decoração, está sempre em evidência e surge com novas matizes de tons, trazendo serenidade e romantismo. Em quartos de dormir principalmente, pode ser mesclado com a madeira e uma paleta de cores em tons de branco e cinza, proporcionando um efeito duradouro e equilibrado para uma criança de 7 anos usá-lo até a maioridade. Entende-se por suíte um quarto de dormir com banheiro, prevalecendo, além do conforto, a praticidade e funcionalidade de possuir uma área de banho privativa.

As crianças que estão na faixa etária de 7 anos estão na fase que percorre a trajetória do seu desenvolvimento intelectual, começando a ser mais independentes nas condições biológicas, entendendo e participando do seu ambiente familiar e social. As mudanças também ocorrem na sua personalidade e capacidade de descobrir suas preferências na construção do seu estilo e gosto pessoal.

Para projetar um quarto infantil, é preciso mesclar texturas e materiais diferentes, usar objetos e itens que contam um pouco de sua história para despertar as emoções psicossensoriais. Se a menina é vaidosa, gosta de bijuterias e maquiagem, a penteadeira é um ícone na decoração, uma peça de mobiliário que ganha uma versão atual e pode ser usada agora, na adolescência e por toda vida para maquiar.
Algumas referências clássicas, como um lustre em cristal, gera uma iluminação central e faz um contraponto com o papel de parede em poá, sob as arandelas eclipse, provocando a luz indireta. Outros elementos clássicos e atemporais podem ser introduzidos, como uma cabeceira capitonada para a cama, que deixa a parede com a sensação de ser extensa. Entre os móveis essenciais, está a mesa lateral em formato redondo, que, além de ser delicada, funciona como um móvel de apoio para pequenos objetos pessoais e luminárias para leitura. A marcenaria traz o uso de novos materiais, mostrando os armários planejados com portas e gavetas com frente em vidro.

O conteúdo continua após o anúncio
LUIZH04LUIZH05LUIZH06
<
>

Em um quarto para crianças, a iluminação deve ser pensada para criar vários cenários, como a luz direta, indireta e focal, pensada principalmente sobre a bancada de estudos, para criar incentivo. Os nichos são ótimas soluções para expor brinquedos e livros. Se a criança curte algum animal mitológico, como os unicórnios, eles podem marcar presença em um papel de parede timbrado. As pinturas geométricas como os triângulos são bem modernas e fazem contraponto com outros detalhes. A suíte é uma extensão do dormitório, e pode seguir os tons usados no quarto, como rosa e branco.

A área do banho pode ganhar uma paginação com mosaicos e placas maiores de 20cm x 20cm, que são releituras dos revestimentos antigos. Para quem não sabe, os metais do banheiro podem ser introduzidos de forma incomum, com até dois diferentes em um ambiente, como um metal rosê bem fashion e um prata, por exemplo. A cortina acionada por controle torna-se um atrativo, devido a sua luz embutida que resplandece na janela do quarto.

Ficha técnica:

Suíte Valentina: apartamento Patrícia e Bruno Beloti
Fotos: Kempton Vianna
Projeto de interiores e produção: Cinthia Pires Arquitetura
Styling: Luiz Henrique Duarte

Luiz Henrique Duarte

Luiz Henrique Duarte

Sou bacharel em direto, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, arquitetura e tudo relacionado à estética espacial dos ambientes e do bem viver.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia