Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Mesas de jantar: Como escolher?

Por Aletheia Westermann

25/04/2021 às 07h00 - Atualizada 23/04/2021 às 21h24

A mesa de jantar é um elemento indispensável no mobiliário, seja em espaços amplos ou pequenos. Integradas ao estar ou destacadas em ambientes únicos, as salas de jantar merecem atenção especial para além dos sabores e dos encontros à mesa.

Diante disso, dúvidas sobre como escolher o tamanho, design, material, acabamento, cor e principalmente o formato de mesa ideal são comuns na hora da escolha, e por isso a importância de um projeto que atenda as necessidades dos moradores e que se encaixe no espaço disponível, alinhados à atmosfera do ambiente.
Um espírito eclético, rústico ou de alto design só faz incrementar o espaço. Recomenda-se atenção a todos os detalhes até mesmo nas sutilezas do seu desenho, pois irão influenciar no décor.

Tamanhos

Pensar na circulação e ergonomia é o ponto de partida para a busca da mesa perfeita. Por isso, o ideal é que a peça escolhida possa estar no mínimo a 90cm de distância da parede, buffet ou aparador, pois desta forma é garantido o conforto para quem está sentado ou circulando.

Buscando também oferecer conforto para biótipos variados, as mesas de jantar têm entre 72cm e 75cm de altura. Certifique-se que cada pessoa tenha, no mínimo, 60cm de espaço para fazer as refeições. Utilize a mesma medida para delimitar a quantidade de lugares na mesa.

Formatos

O formato da mesa de jantar pode variar de acordo com estética, dimensão ou necessidades, tanto do ambiente como de quem o usa.

Mesas quadradas e retangulares: destacam-se em ambientes utilizados para atender um número maior de pessoas. Em design linear, cada formato tem qualidades particulares. Enquanto a retangular é ideal para locais estreitos, a quadrada aproxima as pessoas. Ambas podem ser encostadas ou colocadas ao lado da parede, aumentando a disponibilidade de circulação. Todavia, havendo necessidade de mais assentos, é só distanciá-la.

As de bases centrais são ótimas para distribuir as cadeiras ao redor do tampo com maior facilidade.

Mesas ovais e redondas podem ser ótimas opções para espaços médios ou pequenos. Projetadas com design diferenciado, ambas facilitam a circulação pelo ambiente, além de também terem o poder de conferir um toque contemporâneo ao visual.

O conteúdo continua após o anúncio

Materiais

Analisar a rotina e decoração do ambiente onde ficará a mesa de jantar é outro ponto importante para a escolha do material.

Vidro: pode ser uma boa solução para compor qualquer estilo de ambiente, desde o clássico e tradicional até o despojado e moderno. Disponível em acabamentos variados (colorido, fosco e incolor), ele é simples de limpar e pode ser combinado a vários tipos de base, como, por exemplo, aço ou madeira.

Madeira: destaca-se como uma matéria-prima de alta durabilidade. A pluralidade de cores, acabamentos e tipos de madeira também facilita a inserção dela em diversas decorações. Desde o MDF até a reflorestada, a madeira pode ser matéria-prima principal de uma mesa de jantar ou combinada com outro material, como o vidro, para criar composições variadas.

Pedra: oferece requinte ao visual dos ambientes graças às suas características naturais únicas. As opções de pedras são variadas, desde o granito, conhecido pela rigidez e alta durabilidade, até o mármore, desejado pelo desenho de veios irregulares que o tornam singulares. Além disso, hoje temos uma alta variedade de pedras sintéticas e principalmente porcelanatos que transitam por uma infinidade de acabamentos.

Quer saber mais, siga também nosso blog.

Aletheia Westermann

Aletheia Westermann

Arquiteta e urbanista formou na UFJF EM 2001. Desde então é Arquiteta diretora do escritório Alethéia Westermann Arquitetos. Entre vários trabalhos importantes trabalhou na restauração do Cine Theatro Central em JF, tem projetos desenvolvidos tanto em São Paulo e Rio de Janeiro como no exterior: Em Londres, UK e nos Estados Unidos, nos estados da Florida e Connecticut . É colunista da rádio CBN/JF no programa Morar Bem Arquitetura e Interiores, além de escrever semanalmente para o Jornal Tribuna de Minas no caderno Casa e Cia.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia