Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

A arte de colorir

Por Ana Paula Calixto

02/01/2021 às 14h42 - Atualizada 02/01/2021 às 15h23

Não há tema melhor para a primeira coluna do ano do que falar sobre cores! Todos os dias, na escolha da arte de vestir, uma cor, ou combinação de cores, é eleita para compor a produção. E você já parou pra pensar na gama enorme de possibilidades do uso das cores nos seus looks? E no processo contínuo de autoconhecimento que deve ser a base do estilo pessoal, as cores devem vestir a sua essência. A moda contemporânea é caracterizada pela multiplicidade de estilos e pela mudança cada vez mais rápida e constante. Neste cenário, a sensação de não ter nenhum tipo de limitação ou algum tipo de impedimento para escolher o que vestir é o principal ponto. Liberdade é a maior das tendências.

O escritor André Carvalhal, com vários livros sobre moda e comportamento, afirma que a cor do futuro é: “todas”. Segundo ele, a pluralidade é a realidade de presente e de futuro e ressalta que o importante é sermos singulares e não uniformes.

As cores são visualmente atrativas, transmitem mensagens e produzem sensações. Não há cor sem significado, e a impressão causada por cada cor é determinada pelo contexto. E tão importante quanto a cor definida são as cores que a cada vez a ela se combinam e alteram as sensações causadas.

A influência das cores na moda é fundamental, com elas são expressos os mais diversos sentimentos. E como conhecemos muito mais sentimentos do que cores, cada cor pode produzir vários efeitos, frequentemente contraditórios. O livro “A psicologia das cores: como as cores afetam a emoção e a razão”, de Eva Heller, é um clássico sobre o assunto. O livro traz uma grande quantidade e variedade de informações, sendo uma ótima indicação de leitura para todas as pessoas que trabalham com as cores como ferramenta fundamental e também para quem se interessa pelo tema.

Para preparar o livro, foram consultados dois mil homens e mulheres com idades entre os 14 e 97 anos, na Alemanha. Todos conseguiram relacionar as cores com sentimentos e qualidades. O livro trata das 13 cores psicológicas.

A psicologia das cores

Azul (111 tons): a cor predileta. Cor da simpatia, da harmonia e da fidelidade, apesar de ser fria e distante. A cor feminina e das virtudes intelectuais. Do azul real ao azul jeans.

Vermelho ( 105 tons): a cor de todas as paixões – do amor ao ódio. A cor dos reis e do comunismo. A cor da felicidade e do perigo.

Amarelo (115 tons): a cor mais contraditória. Otimismo e ciúme. A cor da recreação, do entendimento e da traição. O amarelo do ouro e o amarelo do enxofre.

Verde (100 tons): a cor da fertilidade, da esperança e da burguesia. O verde sagrado e o verde venenoso. A cor intermediária.

Preto ( 50 tons): a cor do poder, da violência e da morte. A cor predileta dos designers e dos jovens. Cor da negação e da elegância.

Branco (67 tons): a cor feminina da inocência. Cor do bem e dos espíritos. A cor mais importante dos pintores.

O conteúdo continua após o anúncio

Laranja (45 tons): a cor da recreação e do budismo. Exótica e penetrante.

Violeta (41 tons): do púrpura do poder à cor da teologia, da magia, do feminismo e do movimento gay.

Rosa ( 50 tons): doce e delicado, chocante e “kitsch”.

Ouro ( 19 tons): dinheiro, sorte, luxo. Muito mais do que uma cor.

Prata (20 tons): a cor da velocidade, do dinheiro e da lua.

Marrom ( 95 tons): cor do aconchego, do pequeno burguês e da burrice.

Cinza (65 tons): a cor do tédio, do antiquado, da crueldade.

As cores prediletas

Azul: 45%
Verde: 15%
Vermelho: 12%
Preto: 10%
Amarelo: 6%
Violeta: 3%
Laranja: 3%
Branco: 2%
Rosa: 2%
Marrom: 1%
Ouro: 1%

Cores menos apreciadas

Marrom: 20%
Rosa: 17%
Cinza: 14%
Violeta: 10%
Laranja: 8%
Amarelo:7%
Preto: 7%
Verde: 7%
Vermelho: 4%
Ouro: 3%
Prata: 2%
Branco: 1%
Azul: 1%

As cores e os signos zodiacais*

Áries: vermelho
Touro: verde
Gêmeos: violeta
Câncer: prata e branco
Leão: ouro amarelo
Virgem: azul
Libra: verde
Escorpião: vermelho
Sagitário: azul
Capricórnio: preto
Aquário: preto
Peixes: violeta

*A ordenação das cores aos signos varia de astrólogo para astrólogo. A tabela se baseou nas atribuições mais frequentes.

Ficha técnica
Ilustração: DaniBrito @mercadodasalvacaostudio

Ana Paula Calixto

Ana Paula Calixto

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia