Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Dicas para enfrentar os sintomas da Menopausa

Por Marcelo Condé

23/07/2021 às 15h39 - Atualizada 23/07/2021 às 19h56

As transformações que ocorrem em decorrência da menopausa causam efeitos, que podem ser mais ou menos severos, mas que são, sem dúvidas, bastante incômodos. Com isso, é preciso pensar em formas de como lidar com a menopausa e seus sintomas, garantindo mais qualidade de vida. Se você está em busca dessas respostas confira quatro dicas para amenizar os problemas da menopausa.

1 – Cuide da alimentação

A alimentação desempenha um papel muito importante na ocorrência dos sinais da menopausa, já que pode ser responsável por garantir agravamento ou alívio desses sintomas. Assim, o ideal é evitar consumir alimentos muito condimentados por causa dos fogachos e também evitar alimentos muito gordurosos ou muito processados, já que maior é o risco de doenças cardiovasculares nesse momento. Por outro lado, é altamente recomendável investir em grãos como a soja, em alimentos ricos em ômega 3 e, também, em laticínios e alimentos ricos em cálcio, evitando a ocorrência da osteoporose.

2 – Pratique atividades físicas

A prática de atividades físicas libera um neurotransmissor chamado serotonina. A serotonina é a responsável por garantir uma sensação de prazer e bem-estar e por isso praticar atividades físicas é tão importante, especialmente entre mulheres que experimentam quadros de depressão e desânimo.Além disso, a menopausa também tende a enfraquecer os ossos e a atividade física surge como uma alternativa para garantir maior resistência. As doenças cardiovasculares também têm seu risco diminuído com a prática regular de atividades já que a circulação é melhorada.

O conteúdo continua após o anúncio

De maneira geral, é importante escolher atividades mais leves, como caminhar, pedalar, fazer ioga ou até mesmo nadar. Atividades aquáticas, inclusive, são altamente benéficas para combater o calor intenso.

3 – Invista na qualidade do sono

A insônia é um dos sintomas comuns da menopausa e quem deseja saber como lidar com a menopausa de um jeito melhor precisa ter em mente que uma noite mal dormida pode fazer com que todos os sintomas da menopausa se potencializem. Por isso, invista na qualidade do sono ao criar hábitos saudáveis para dormir e para acordar, além de preparar o ambiente para que fique o mais confortável possível. Também é importante livrar-se de distrações, como aparelhos eletrônicos, garantir a temperatura certa e principalmente não ingerir alimentos que contenham estimulantes antes da hora de dormir.

4 – Converse com um médico

Também é muito importante conversar com um médico sobre todas as transformações que a menopausa causa no corpo. Um profissional capacitado será capaz de identificar quais são os seus maiores desafios e quais são as medidas mais adequadas para garantir que você tenha o máximo de qualidade de vida.

Conversar com um médico também ajuda a mulher a entender um pouco mais sobre as transformações, porque elas ocorrem e quais são as possibilidades de melhoria, além de receber indicações de tratamento de como driblar os sintomas da menopausa.

Para saber como driblar os sintomas da menopausa é preciso investir em uma mudança de hábitos, tornando-se mais saudável e, com isso, absorvendo melhor o impacto de todas as transformações. Ao cuidar da alimentação, da movimentação, do sono e conversar com um médico a garantia é de uma fase muito mais tranquila e saudável.

Marcelo Condé

Marcelo Condé

Ginecologista e obstetra, especialista em medicina estética, com atuação nos hospitais Albert Sabin, Monte Sinai, Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora e Hospital Unimed. Integrante da Associação Brasileira de Cosmetoginecologia

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia