Tópicos em alta: novembro azul / enem / Mercedes-Benz / bolsonaro / polícia

O papel do encadeamento produtivo

Entre seus objetivos, está melhorar os processos adotados pelas MPE, para aumentar a qualidade de seus produtos e serviços, reduzindo custos e perdas

Por Marco Antônio de Mendonça, analista do Sebrae Minas

30/07/2019 às 07h17 - Atualizada 30/07/2019 às 07h17

O encadeamento produtivo promove a inserção das Micro e Pequenas Empresas (MPE) em cadeias de produção capitaneadas por grandes negócios, buscando adequá-las aos requisitos das âncoras, de modo a facilitar a realização de transações entre elas e melhorar a competitividade de todos os envolvidos e da própria cadeia de valor. Ao mesmo tempo, estimula a inovação por parte das Empresas de Pequeno Porte (EPP) por impor a necessidade da adoção de padrões técnicos compatíveis com as demandas das maiores.

O programa é estruturado em cinco etapas. São elas: mapeamento da demanda de bens, serviços e requisitos; diagnóstico da situação atual da pequena empresa; plano de ação específico para a pequena empresa; consultoria e capacitação e avaliação da evolução das pequenas empresas.

Ao recorrerem às Micro e Pequenas Empresas do território, em geral, as âncoras impulsionam o desenvolvimento e a geração de empregos nas cidades do entorno. Mas, em grande parte, os fornecedores não estão preparados para atender os requisitos de qualidade, eficiência e, principalmente, preço. Por isso, cada MPE participa de um diagnóstico a partir do qual são definidas as ações na área de gestão que asseguram maior eficácia na prestação de serviços e na produção de bens.

O conteúdo continua após o anúncio

Isso porque o encadeamento produtivo tem ainda como objetivo melhorar os processos adotados pelas MPE, para aumentar a qualidade de seus produtos e serviços, reduzindo custos e perdas. Para ampliar o mercado em que atuam, elas também são preparadas para o trabalho em rede, de maneira a se capacitarem a atender a qualquer outra âncora.

A competitividade não se restringe à atuação da empresa de forma individual, mas do resultado da cadeia de valor no qual se estrutura um determinado segmento produtivo. A produtividade média é que vai definir a competitividade da cadeia de valor junto ao mercado. Por consequência, as empresas que fazem parte de uma cadeia de valor precisam ser extremamente competitivas.

Sebrae Minas Regional Zona da Mata e Vertentes

Sebrae Minas Regional Zona da Mata e Vertentes

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia