Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Mudança

Por Júlia Pessôa

11/07/2021 às 07h00 - Atualizada 11/07/2021 às 09h32

Embora deteste o ato em si, confesso que fico maravilhada com o infinito número de vezes que é possível meter a vida em caixinhas, caixotes e contêineres de todo tamanho, desmonta daqui, desmonta dali, e montar uma casa nova em outro lugar. Outras portas, outras vistas, outra hora do dia em que o sol bate, mas tão logo esteja tudo no lugar – ou quase -, casa.

Com o passar dos anos e CEPs, fui me desfazendo de roupas, bilhetes, convites, cacarecos, lembranças, pessoas e sentimentos. Engraçado como coisinhas que algum dia foram tão valiosas tornam-se -algumas até tarde demais – nada além de lixo que sequer merece uma camadinha de papelão antes do descarte. Desperdício. Por outro lado, coleciono ainda entradas de cinema, agendas, milhares de fotos, cadernos, flyers de festas e comunicados que viraram bilhetes: “Quantas faltas você tem? Vamos embora depois do intervalo?”. Letras conhecidas, conversas sem pé ou cabeça, lembranças distantes. Não é estranho não saber como é a letra de todo mundo que a gente ama?

O conteúdo continua após o anúncio

Escrevo na caixa grande: “miscelânea”, etiqueta que não ajuda a identificar os itens de que não me desfiz, mas dáum indicativo, assim como eles apontam para memórias que não vêm assim tão nítidas, mas trazem pedaços meus que quero manter. Com o tempo, a gente aprende a não carregar tralha e passa a ter mais cuidado com as bagagens. Com o tempo a gente para de querer carregar tudo pra casa, e torna casa somente o que faz sentido carregar.

 

Júlia Pessôa

Júlia Pessôa

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia