Tópicos em alta: eleições 2018 / polícia / outubro rosa

Desenvolvimento Sustentável. Cidade plural, visão global.

Uma visão global do desenvolvimento com alianças de longo prazo, produz resultados mais justos e distribuídos por toda a sociedade, aumentado as oportunidades, a empregabilidade e a renda local e regional.

Por André Zuchi

21/11/2017 às 12h50 - Atualizada 21/11/2017 às 12h50

Uma visão ampliada e exógena, portanto, global, do desenvolvimento sustentável se faz imperiosa em tempos de avanços rápidos e significativos na mobilidade, conectividade e capacidade de armazenamento, advindos do crescente progresso tecnológico. Questões regionais e locais devem estar inseridas e integradas nesta visão. As estratégias de desenvolvimento  devem compreender uma visão global, principalmente em cidades plurais e complexas, característica das cidades de porte médio no Brasil.

Buscar soluções de infraestrutura integradas e articuladas regionalmente, atrair capitais para empreendimentos com forte efeito multiplicador local e regional, promover melhoria dos processos produtivos com inovação e intensificar a troca de experiências empresariais e profissionais, são estratégias que qualificam e aumentam, significativamente, a competitividade e as oportunidades na disputa por investimentos e profissionais qualificados.

Alguns exemplos, dentre muitos que me lembro, de investimentos já consolidados como MB, ACELORMITTAL, BD, MEDQUIMICA, MRS, CODEME, PERFIMINAS, BAHAMAS, UNIMED, MONTE SINAI, JARDIM NORTE, INDEPENDÊNCIA SHOPPING e previstos como MDIAS BRANCO, CENTRO DISTRIBUIÇÃO FCA, PARQUE TECNOLÓGICO, AEROPORTO REGIONAL, com grande potencial de promover a integração regional e local. Alguns mais outros menos, mas todos geradores de oportunidades que dinamizam, amplificam e qualificam os negócios, principalmente os micros e pequenos, que são a maioria.

O conteúdo continua após o anúncio

Neste contexto o poder público pode contribuir efetivamente.  Proporcionar um ambiente de negócios e um marco regulatório com segurança jurídica, que promova e  intensifique a atração de investimentos, conhecimento e capacidade técnica. Simplificar e reduzir a burocracia, que emperra as atividades empreendedoras e geradoras de renda e emprego. Integrar a visão local e regional à visão global. São ações fundamentais na construção de um estado moderno, necessário e eficiente alinhado com as questões do desenvolvimento sustentável.

Uma visão local, endógena, do desenvolvimento com base em alianças de curto prazo, com foco, muitas vezes, na agenda eleitoral, conduz a concentração dos investimentos e da renda, com baixa geração de empregos. Principalmente os de qualidade.

Uma visão global do desenvolvimento com alianças de longo prazo, ao contrário, produz resultados mais justos e distribuídos por toda a sociedade, aumentado as oportunidades, a empregabilidade e a renda local e regional. Proporcionando uma crescente troca de conhecimento, transformando a realidade.

Um caminho novo.

Vamos em frente, sempre.

André Zuchi

André Zuchi



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia