Tópicos em alta: coronavírus / vacina / tribuna 40 anos / polícia / obituário

Inspirações para apês pequenos

Abra mão dos excessos e favoreça a circulação nos ambientes

Por Aletheia Westermann

07/11/2021 às 07h00 - Atualizada 06/11/2021 às 17h41

Já que na coluna passada falamos sobre minimalismo, desta vez vamos dar continuidade a essas tendências mundiais para o morar e trataremos de apartamentos de metragens reduzidas. Tais espaços desafiam profissionais da arquitetura na busca de soluções de conforto e funcionalidade, otimizando os ambientes e favorecendo o layout. Afinal, este tipo de imóvel não pode ser sinônimo de falta de espaço.

Devemos abrir mão dos excessos nestes projetos e, portanto, se você não leu nossa coluna anterior a esta, sugiro que o faça. Adotando o minimalismo, preservamos os espaços de circulação e damos preferência a um bom design feito sob medida.

Aposta em ambientes integrados

Sempre são os interesses dos moradores que moldam a planta. Porém, é necessário planejar espaços múltiplos para gerar bem-estar e melhor aproveitamento. Assim, podemos criar conceitos integrados entre cozinha e sala, quarto e escritório, sala e varanda, sala e espaço gourmet, banheiro e jardim, cozinha e lavanderia etc. São combinações possíveis e atuais.

Quanto mais paredes, menos amplitude. Mas é necessário atentar-se à estrutura do imóvel, que não pode ser colocada em risco. Algumas paredes exercem função estrutural e não podem ser eliminadas. Painéis de madeira, biombos, divisórias de vidro são algumas alternativas no lugar de paredes.

O conteúdo continua após o anúncio

Acabamento único

O acabamento único no piso e nas paredes contribui para a sensação visual de um espaço maior, simplifica a obra e garante unidade estética. Pisos frios em formatos grandes e tons claros reforçam ainda mais essa ideia. Incorporar a varanda à sala traz amplitude. O mesmo vale para as cozinhas, porém, vale a pena apostar nas portas de correr que, por não ocuparem espaço quando abertas, dão maleabilidade ao espaço.

Invista na marcenaria planejada

Cada centímetro do apartamento deve ser aproveitado. Portanto, um mobiliário bem desenhado pode fazer com que o imóvel seja ainda mais funcional e pareça muito maior do que realmente é! A marcenaria bem planejada equaciona boa parte das questões de um apartamento pequeno, aproveitando cantos disponíveis e favorecendo a organização.
Móveis mais limpos, enxutos e que podem assumir diversas funções imprimem leveza no décor e garantem um sopro de modernidade.

Espelhos e cores

Os espelhos estrategicamente instalados servem para buscar uma amplitude visual, além de uma base de cores discretas. Deixe os tons fortes para os objetos pontuais, como almofadas, tapetes e adornos, sempre conectados com sua identidade.

E por fim, explore a iluminação natural. Grandes aberturas de vidro em janelas e portas ampliam os ambientes, deixam a paisagem entrar e trazem a sensação de relaxamento.

Dica final

Ao contrário do que muitos pensam, a mesa redonda é a que menos ocupa espaço e a que mais favorece a circulação. Para economizar ainda mais espaço, é possível também pensar em um assento em L, com uma mesa redonda menor de apoio, com mais duas cadeiras, criando um espaço ainda mais personalizado.
Para mais dicas, acesse nosso site www.aletheia.com.br.

Aletheia Westermann

Aletheia Westermann

Arquiteta e urbanista formou na UFJF EM 2001. Desde então é Arquiteta diretora do escritório Alethéia Westermann Arquitetos. Entre vários trabalhos importantes trabalhou na restauração do Cine Theatro Central em JF, tem projetos desenvolvidos tanto em São Paulo e Rio de Janeiro como no exterior: Em Londres, UK e nos Estados Unidos, nos estados da Florida e Connecticut . É colunista da rádio CBN/JF no programa Morar Bem Arquitetura e Interiores, além de escrever semanalmente para o Jornal Tribuna de Minas no caderno Casa e Cia.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia