Tópicos em alta: eleições 2022 / coronavírus / vacina / polícia / obituário

Metas A arte de vestir

Com o fim do ano, é hora de rever estratégias e renovar resoluções também na moda

Por Ana Paula Calixto

31/12/2021 às 07h00 - Atualizada 03/01/2022 às 07h54

O ano de 2021 chega ao fim. Boa hora para renovar resoluções, estabelecer metas. E também na arte de se vestir, é hora de rever as suas estratégias. Cuidar da aparência é essencial, uma vez que não existe imagem neutra, uma roupa que não comunica. Personalidade tem tudo a ver com moda é ter seu próprio estilo e fazer dele a sua marca.

No meu curso, “A arte de vestir”, sempre procuro saber a expectativa das alunas, quais os motivos que as levaram a procurar o curso. Compilei as mais recorrentes e que podem te ajudar a traçar as suas metas:

  • Desenvolver uma intimidade maior com o armário
  • Colocar mais informações de moda no look
  • Estar mais antenada com o mundo da moda
  • Ser mais criativa nas produções
  • Conhecer mais o próprio estilo
  • Saber o que vestir
  • Usar mais as roupas
  • Comprar melhor

Para atingir os seus objetivos, cada mudança de hábito conta! Pense em atitudes da arte de vestir que você pode tomar para atingir as sua metas:

O conteúdo continua após o anúncio

Buscar inspiração: quem pesquisa e consome informação de moda constrói um bom repertório para criar um visual interessante.
Ter intimidade com o armário: comece se organizando, faça uma faxina em seu guarda-roupa. Pegue todas as peças e analise bem aquelas que você quer, e que vai realmente usar, e aquelas que não fazem mais sentido para você. Seu acervo deve ser sempre revisitado, suas melhores compras podem estar dentro do seu armário.
Trabalhar o estilo: o estilo passa por evoluções, se adapta a cada fase da vida. A maturidade traz segurança para fazer boas escolhas e não ter medo de mudar.

Se perceber: faça fotos do look do dia para se perceber por outros ângulos e se conhecer mais e melhor.

Para um 2022 mais criativo, em todas as esferas da sua marca pessoal, deixo aqui as dicas do livro “Roube como um artista”, de Austin Kleon. Em seus dez capítulos do livro, o autor reúne lições que aprendeu com os grandes nomes da história, como músicos, escritores, filósofos e cineastas, e deixa dez dicas sobre criatividade. Feliz 2022! Tenha um Ano Novo inspirador.

1) Copie quem você admira e dê os créditos. Copiando várias pessoas, você criará seu próprio estilo
2) Não espere para começar seus projetos: comece-os mesmo sem ter certeza e depois faça ajustes pelo caminho
3) Não espere pelo projeto perfeito: junte suas referências e faça-o você mesmo
4) Use as mãos para treinar novas habilidades e despertar outro lado criativo, tenha cadernos, lápis, canetas sempre por perto
5) Cultive hobbies, eles são importantes, pois ajudam no trabalho e são uma das motivações para sermos mais produtivos
6) Compartilhe o seu trabalho e mostre seus frutos ao mundo
7) A geografia não manda mais no mundo. Entre em contato e troque figurinhas com pessoas do mundo todo
8) Trate os outros positivamente, cuide da sua reputação
9) Termine os seus trabalhos, persista nos seus objetivos
10) Para ser criativo, subtraia aquilo que não ficou bom em sua atividade. Foco é manter o essencial e tirar todo o resto

Ficha técnica:

Foto: Aline Bastos
Look: Skunk
Acessórios: Joias Kether e Jade
Beleza: Equipe Jael Pifano & Marjorie Campos

Ana Paula Calixto

Ana Paula Calixto

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade pelo seu conteúdo é exclusiva dos autores das mensagens. A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros. Mensagens de conteúdo homofóbico, racista, xenofóbico e que propaguem discursos de ódio e/ou informações falsas também não serão toleradas. A infração reiterada da política de comunicação da Tribuna levará à exclusão permanente do responsável pelos comentários.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia