Tópicos em alta: outubro rosa / top of mind 2019 / sarampo / CPI dos ônibus / polícia

Degustação de Vinhos de Minas Gerais

Por Etiene Carvalho

22/07/2018 às 16h42 - Atualizada 22/07/2018 às 16h42

Degustação exclusiva de vinhos mineiros

Participei de uma degustação super exclusiva de vinhos produzidos em Minas Gerais. Isso mesmo, vinhos mineiros! A experiência foi incrível e serviu para mostrar, mais uma vez, que vinho nacional de qualidade não se resume a Vale dos Vinhedos (RS). O evento foi organizado pelo Antonio Coêlho, editor do Blog Decantando a Vida, que doou os vinhos de sua coleção particular (organizada durante dois anos) e convidou 12 pessoas para participar da degustação, entre elas, jornalistas especializados, sommeliers e enófilos. Tive a felicidade de ser uma das convidadas!!!! O evento aconteceu no restaurante Ticiana Werner,  em Brasília.

Ao todo foram degustados 13 vinhos, sendo nove rótulos distintos, dentre eles: o espumante Villa Mosconi Extra-Brut 2016, o Primeira Estrada Chardonnay 2017, o Riesling Villa Mosconi 2014, o Maria Maria Rosé 2016, o Dom de Minas Cabernet Franc 2015, o Luiz Porto Cabernet Sauvignon 2013, o Verrone Speciale Syrah 2016, o Primeira Estrada Syrah 2010 e o Maria Maria Bia Syrah 2015.

Antonio Coelho, editor do Decantando a Vida, posa ao lado dos vinhos mineiros de sua coleção
Antonio Coelho, editor do Decantando a Vida, posa ao lado dos vinhos mineiros de sua coleção

Ciclo Invertido

Com exceção do Primeira Estrada Chardonnay e do Luiz Porto Cabernet Sauvignon, todos os demais vinhos degustados tiveram a  inversão do ciclo de suas videiras para permitir a colheita durante o inverno, não no verão, época tradicional da colheita da uva no Brasil. Segundo informações de técnicos da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), que auxiliam grande parte das vinícolas da região, tal mudança propicia uma uva de melhor qualidade uma vez que o inverno do sudeste tem dias ensolarados, noites frias e solo seco o que permite a perfeita maturação das uvas e a produção de vinhos com alto potencial qualitativo.

Favoritos

Dos nove vinhos que degustamos, selecionei cinco para apresentar detalhadamente aqui no Blog. Esses vinhos realmente se destacaram dos demais, essencialmente, pelos aromas, sabores e persistência. Confira e se tiver oportunidade de apreciá-los não pense duas vezes:

Primeira Estrada Chardonnay 2017:

Primeira Estrada Chardonnay 2017

Um excelente exemplar de Chardonnay da Vinícola Primeira Estrada, que, certamente, numa degustação às cegas poderia ser facilmente confundido com grandes vinhos franceses.  Esse veio de Três Corações (MG).No nariz mostra notas de pera e flores brancas; na boca, além de uma intensa mescla de frutas cítricas e de caroço, apresenta mineralidade marcante – tornando-o mais especial. O preço médio deste vinho também é interessante R$60,00.

Maria Maria Rosê

Maria Maria Rosê

Para quem gosta de um rosé mais intenso e expressivo o Maria Maria Rosê feito de Cabernet Sauvignon é uma boa pedida. Pra quem curte um estilo mais Provence, já não é uma boa opção. No nariz mostrou notas de frutas vermelhas bem frescas e ligeiro toque de flores. Na boca, boa persisitência e notas de frutas vermelhas, especialmente morangos. Vinho bem equilibrado e potente para um rose. O nome Maria Maria é uma homenagem a Milton Nascimento, amigo dos donos da vinícola. O vinho é feito em Três Pontas (MG).

O conteúdo continua após o anúncio

Casa Verrone Especiale 2016

Casa Verrone Speciale 2016

A vinícola Casa Verrone é, na verdade, uma vinícola de Itobi (SP), na Serra da Mantiqueira. No entanto seu vinho é produzido em Minas, parceria com a Epamig. O vinho é um Syrah muito bom que passou 12 meses em barrica de carvalho francês. No nariz apresenta pimenta negra, frutas negras e leve toque amentolado. Na boca tem boa persistência e acidez. É um vinho de 2016 que ainda merece mais uns quatro anos em garrafa para amaciar os taninos. No entanto, é um bom exemplar de vinho brasileiro de guarda. Preço médio: R$95,00.

Luiz Porto Cabernet Sauvignon

Luiz Porto 2013

Situada na zona cafeeira do Sul de Minas, a vinícola Luiz Porto conta com 15 hectares de vinhedos próprios. Este Cabernet mostra ameixas, framboesas frescas e notas terrosas. Tem médio corpo, taninos finos e uma persistência média. É um excelente vinho para acompanhar comida. Preço médio R$90,00.

Primeira Estrada Syrah

Primeira Estrada 2010

Vinho excepcional esse Primeira Estrada Syrah. Para mim, o melhor da noite dentre os nove vinhos mineiros degustados. Eu já conhecia esse vinho (relembre aqui), mas apreciá-lo novamente só serviu para confirmar o tanto que ele é bom e o tanto que a uva Syrah tem potencial em solos brasileiros, principalmente de Minas Gerais. No nariz ele mostra especiarias, ameixa, mirtillo e cassis – tudo muito fresco – Na boca, ele é potente, elegante, envolvente e tem ótima persistência. Frutas negras, toques terrosos e um pouco de pimenta aliados a um tanino fino e boa acidez. Gostei muito! Detalhe que esse vinho é de 2010 e ainda mostrou ter potencial para envelhecer mais tempo em garrafa. É produzido na cidade mineira de Três Corações.  Estagia 12 meses em barrica e descansa 12 meses em garrafa antes de ser comercializado. Preço médio: R$110,00 (Vale cada centavo!!!!)

Esses vinhos não são muito fáceis de serem encontrados. Até porque são produzidos em pequenas quantidades. Se tiver interesse em comprá-los, o ideal é entrar no site de cada vinícola e pedir informações sobre a representação do produto em seu estado ou mesmo comprar pela internet.

 

Etiene Carvalho

Etiene Carvalho

Etiene Carvalho é jornalista, especialista em Comunicação Digital pela Universidad de Alcalá (Espanha). Nível 3 Wine and Spirits Education Trust (WSet), Especialista em Vinhos da Califórnia (CWAS) e Sommelier Avançado Federazione Italiana Sommelier Albergatori Ristoratori (Fisar).

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia