Tópicos em alta: delivery jf / eleições 2020 / coronavírus / greve / polícia

Como armazenar o vinho de forma correta?

Por Etiene Carvalho

03/08/2020 às 11h53 - Atualizada 03/08/2020 às 11h53

Guardar corretamente uma garrafa de vinho é um procedimento capaz de afetar a satisfação de qualquer enófilo.  É um cuidado que, com o passar do tempo, pode impactar no aroma, sabor e textura do produto. E aqui estamos falando de qualquer que seja o tipo de vinho (tinto, rosé, branco ou espumante).

Confira abaixo algumas dicas sobre armazenamento de vinho:

O Tempo

O primeiro passo é ter em mente o período que pode deixar o vinho armazenado. De preferência, converse com o produtor ou com o sommelier da loja em que ele foi adquirido a respeito do envelhecimento da bebida. Isso dará um parâmetro mais confiável. Os vinhos mais baratos, normalmente consumidos no dia a dia, ficam armazenados no chamado curto prazo (na média entre três e seis meses). Já os rótulos mais prestigiados, em geral mais caros e de mais qualidade, podem ficar armazenados até décadas.

Vinho Tinto

As condições

As condições de armazenamento devem obedecer às mesmas regras independentemente do período. Veja as principais:

– Evite deixar os vinhos próximos a aparelhos que causem vibração, caso contrário, as garrafas podem ser mover. Elas devem ser acomodadas na posição horizontal a fim de manter a cortiça úmida. Este cuidado é muito importante, pois impede o ressecamento, exceto se a tampa for de rosca.

O conteúdo continua após o anúncio

– Mantenha os vinhos distantes da incidência do sol. A luz é um elemento capaz de interferir na qualidade do vinho, gerando efeitos negativos. Não à toa, existem garrafas coloridas. Elas reduzem esse impacto.

– No caso de armazenamento a longo prazo, é preciso observar as condições atmosféricas. A fim de conter o ressecamento da cortiça, a umidade tem que ser alta, acima de 70%. Assim, reduz-se a possibilidade de evaporação da bebida. E também fique atento ao que se encontra próximo  ao vinho, pois os liquidos e aromas dos alimentos podem ser absorvidos. Não deixe substâncias de forte aromas nas cercanias.

– É importante destacar que o cenário ideal é que o vinho fique em uma adega, ainda que seja uma elétrica de pequeno porte. Nessa estrutura, uma bebida fica em condições perfeitas.

E na hora de consumir o vinho?

Na hora de consumir

Ao entrar em contato com o ar, misturando-se ao oxigênio, ou o vinho passa a ter gradualmente sua essência afetada. Portanto, o desejável é que a bebida seja consumida em poucos dias após a abertura da garrafa.

Seguir estes cuidados trará um prazer maior na hora de degustar um bom vinho.

Etiene Carvalho

Etiene Carvalho

Etiene Carvalho é jornalista, especialista em Comunicação Digital pela Universidad de Alcalá (Espanha). Nível 3 Wine and Spirits Education Trust (WSet), Especialista em Vinhos da Califórnia (CWAS) e Sommelier Avançado Federazione Italiana Sommelier Albergatori Ristoratori (Fisar).

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia