Tópicos em alta: novembro azul / enem / Mercedes-Benz / bolsonaro / polícia

Vinícolas da Califórnia são paraíso do enoturismo

Por Etiene Carvalho

01/11/2019 às 17h17 - Atualizada 01/11/2019 às 17h18

Vinícolas da Califórnia

O estado da Califórnia, na costa oeste dos Estados Unidos, habita os sonhos turísticos de muita gente. A indústria do cinema (leia-se Hollywood), Beverly Hills, Vale do Silício, Rota 66, as paisagens montanhosas, São Francisco, Santa Mônica, Los Angeles… Atrações para todos os gostos! E uma delas, especial para os enófilos, são as rotas do vinho.  Vinícolas na Califórnia não faltam…

Cartaz do filme “Sideways Entre Umas e Outras”, que percorre a rota do vinho em Santa Bárbara, na Califórnia (FOTO: Reprodução)

É DE CINEMA!

Maior estado produtor da “bebida dos deuses” em território americano, a ensolarada Califórnia é um deleite para o enoturismo. De lá, sai mais de 80% da produção do país que possui a maior economia do mundo. São mais de 2.700 vinícolas espalhadas por enormes e belíssimas áreas.

Caso você já tenha assistido ao filme “Sideways, Entre Umas e Outras”, dirigido por Alexandre Payne, pôde ter uma degustação visual (com o perdão do trocadilho de sensações). Se não viu, fica a dica. A película, de 2004, impulsionou o turismo pelas vinícolas que os personagens principais percorrem, em Santa Bárbara, e aumentou as vendas de Pinot Noir nos Estados Unidos. O filme teve cinco indicações ao Oscar.

Vinhos da Califórnia (FOTO: Reprodução)

As rotas por Vinícolas da Califórnia

Mas Santa Bárbara, apesar da extrema importância, é apenas uma fatia do que a Califórnia exibe de vinícolas. Há mais de dez outras regiões que dedicam-se quase que exclusivamente à vitivinicultura.

Com clima – dias ensolarados e noites frescas – e solo favoráveis o ano inteiro, o estado tem uma enorme variedade de uvas cultivadas. Isso resulta em uma produção de vinhos diferentes, cerca de uma centena com sabor e aroma particulares, oferecendo um cardápio extenso de degustações. Essa característica é motivo de orgulho para os produtores locais.

Se você pretende passear por vinícolas californianas, a época mais recomendada é entre o fim de agosto e o mês de setembro, período de colheita. O início da nova safra costuma ser comemorado com festas, feiras e outros eventos temáticos.

As regiões de Napa Valley e Sonoma Valley, no norte de São Francisco, formam, ao lado de Santa Bárbara, as três grandes produtoras. É possível fazer rotas enoturísticas longas e inesquecíveis por elas. Tive a oportunidade de morar um tempo em São Francisco e todos os finais de semana passeava por essas vinícolas (relembre aqui).

O conteúdo continua após o anúncio

Além de degustar uma profusão de vinhos, o visitante delicia-se com lindas paisagens, com jardins e castelos.

Se quiser pedalar…

Uma forma de passear por regiões vinícolas da Califórnia curtindo as belezas e o clima quente é fazer rotas de bicicletas. Elas são cada vez mais comuns. As estradas públicas possuem pistas especiais para ciclistas, o que confere segurança para os turistas.

Uma atração à parte para quem opta pedalar por Napa Valley, por exemplo, são os pequenos empreendimentos vinícolas particulares. Eles permitem experimentar vinhos saborosos e aprender sobre a cultura em torno dessas preciosas produções.

A variedade que caracteriza a produção californiana e o clima agradável apresentam essa opção para quem ama vinhos e curte pedalar.

Um pouco de história

Os registros históricos dão conta que o cultivo de uvas foi introduzido por franciscanos espanhóis no século XVIII para utilizar vinho em cerimônias ritualísticas. A expansão para além dos redutos cristão se deu na segunda metade do século XIX.

O boom populacional da costa oeste americana, com a chamada Corrida do Ouro, levou ao investimento na vitivinicultura, com o nascimento de viniculturas importantes na região e que gozam de fama até hoje.

Entre o fim do século XIX e as primeiras décadas do século XX, a produção sofreu um baque com praga que destruiu parte significativa dos vinhedos e, depois, com a Lei Seca no país (proibição legal de bebidas alcoólicas). Já nos anos 40, durante a Segunda Guerra Mundial, a produção se restabeleceu e só fez crescer.

Você já foi a uma dessas regiões da Califórnia? Compartilhe sua experiência enoturística conosco.

Etiene Carvalho

Etiene Carvalho

Etiene Carvalho é jornalista, especialista em Comunicação Digital pela Universidad de Alcalá (Espanha). Nível 3 Wine and Spirits Education Trust (WSet), Especialista em Vinhos da Califórnia (CWAS) e Sommelier Avançado Federazione Italiana Sommelier Albergatori Ristoratori (Fisar).

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia