Tópicos em alta: polícia / crise fiscal / campeonato mineiro

Chapada das Mesas, o próximo destino dos sonhos dos brasileiros

Por Viajei Bonito

02/03/2018 às 15h52 - Atualizada 02/03/2018 às 15h52

Como blogueiros de viagens, Adriano e eu atribuímos a nós mesmos a árdua (porém deliciosa) missão de fugir do óbvio e desbravar destinos ainda pouco conhecidos. E assim fomos parar na Chapada das Mesas, no sul do Maranhão, um lugar que oferece tudo o que se espera de um destino dos sonhos: paisagens deslumbrantes, refrescantes cachoeiras, poços de águas cristalinas e pousadas encantadoras.

É uma das poucas atrações do estado que rivalizam em beleza com o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Ao ver as fotos deste artigo você vai entender perfeitamente o que estamos dizendo. Conheça agora os principais pontos turísticos da Chapada das Mesas e programe-se para as próximas férias.

Portal da Chapada

Portal da Chapada, cartão postal da Chapada das Mesas, no Maranhão
Portal da Chapada, cartão postal da Chapada das Mesas, no Maranhão. Créditos: Viajei Bonito

O Portal da Chapada é, como o nome sugere, a porta de entrada da Chapada das Mesas. Uma janela esculpida pela própria natureza que proporciona a vista mais bonita para os paredões e picos rochosos que caracterizam o Cerrado.

Para chegar até lá é preciso encarar uma trilha de areia fofa, o que torna a subida um pouco cansativa. O ingresso atualmente custa R$10.

Cachoeira do Dodô

Esta não é a maior e nem a mais bonita das cachoeiras da Chapada das Mesas, mas tem o seu valor e merece uma visita. A queda d’água despenca entre cânions e no poço borbulham diversas nascentes. O acesso é muito tranquilo, basta deixar o carro estacionado na pátio e seguir por uma trilha que dura menos de 5 minutos. Aqui o ingresso também custa R$10.

Cachoeiras do Itapecuru

Cachoeiras Gêmeas do Itapecuru, na Chapada das Mesas, Maranhão
Cachoeiras Gêmeas do Itapecuru, na Chapada das Mesas, Maranhão. Créditos: Viajei Bonito

As Cachoeiras Gêmeas do Itapecuru formam uma enorme piscina favorável a banhos. Por ser rasa, torna-se segura para crianças e pessoas que não sabem nadar.

O complexo conta também com restaurante, vestiário e aluguel de caiaque para tornar o passeio ainda mais divertido. A entrada custa R$30.

Santuário Ecológico Pedra Caída

O Complexo Turístico da Pedra Caída abriga cerca de 25 cachoeiras, das quais sete estão abertas à visitação. Além dos atrativos naturais, ali os visitantes podem fazer trekking, mountain bike, andar de teleférico e descer em uma tirolesa de 1.400 metros.

O conteúdo continua após o anúncio

Embora seja um dos pontos mais conhecidos e, segundo dizem, com algumas das cachoeiras mais bonitas da Chapadas das Mesas, os preços praticados no santuário estavam muito acima do nosso orçamento diário. O ingresso custa R$60, mas é necessário pagar uma taxa que varia entre R$30 e R$120 para cada passeio dentro do complexo. Consulte a tabela de valores aqui.

Complexo Eco Turístico Poço Azul

Complexo Eco Turístico Poço Azul, em Riachão, Maranhão
Complexo Eco Turístico Poço Azul, em Riachão, Maranhão. Créditos: Viajei Bonito.

Sem sombra de dúvidas, esse foi o lugar mais bonito que visitamos na Chapada das Mesas. O Complexo Eco Turístico Poço Azul está localizado na cidade de Riachão, e dispõe de várias cachoeiras, trilhas suspensas, piscinas naturais e um poço de águas incrivelmente azuis, que dá nome ao lugar. Outro atrativo do complexo é a Cachoeira Santa Bárbara, que despenca entre gigantescos paredões rochosos com mais de 75 metros de altura.

O ingresso atualmente custa R$50, mas dá acesso livre a dezenas de cachoeiras. Vale cada centavo!

Encanto Azul

Quando pensávamos que nada mais nos surpreenderia, chegamos ao Encanto Azul e ficamos perplexos com mais um poço de águas cristalinas e coloração azul. Prepare-se para uma exaustiva caminhada e uma longa descida de escada, mas esteja certo de que o esforço valerá a pena. A entrada custa R$30.

Pôr do Sol no Rio Tocantins

Pôr do sol às margens do Rio Tocantins, em Carolina, Maranhão
Pôr do sol às margens do Rio Tocantins, em Carolina, Maranhão. Créditos: Viajei Bonito

Quem se hospeda em Carolina é agraciado pela beleza do pôr do sol visto das margens do Rio Tocantins. Foi difícil capturar uma imagem que retratasse com fidelidade as cores que cobriam o céu e refletiam na água. A gente garante que pessoalmente esse espetáculo da natureza é ainda mais bonito. E é de graça!

Quantos dias ficar na Chapada das Mesas?

Nossa estadia durou quatro dias inteiros, o suficiente para conhecer todas essas atrações. Contudo, com alguns dias a mais poderíamos ter desbravado outras cachoeiras da região.

Onde se hospedar na Chapada das Mesas

Tanto Carolina quanto Riachão são boas cidades-base para explorar a Chapada das Mesas. Nós escolhemos Carolina porque esta oferecia melhor infraestrutura turística e estava mais próxima dos lugares que queríamos visitar. Escolhemos a Pousada Canto das Águas, mas a Pousada Queda D’Água e a Filhos da Água também são bem avaliadas.

Quer saber mais sobre a Chapada das Mesas? Assista aos nossos vídeos no YouTube, veja as fotos no Instagram, leia outros posts no blog do Viajei Bonito e siga a gente no Facebook!

Até a próxima viagem!

Viajei Bonito

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia