Tópicos em alta: polícia / campeonato mineiro / suzano / bolsonaro

É possível ser [muito] elegante sem salto alto

Opções e desmistificação do uso de salto alto como principal fator de elegância e estilo

Por Camila Villas

10/03/2019 às 06h45 - Atualizada 14/03/2019 às 20h38

Durante muito tempo fomos atingidos pela ideia de que o salto alto nos traria elegância e estilo de sobra e sem contestações. Graças à evolução da moda, essa regra caiu e ganha cada vez mais força.

Marcas famosas ao redor do globo lançam tendências e modelos extremamente atuais, ricos em estilo sofisticação e conforto. A consultora de moda que vos fala já não faz uso do salto alto há alguns anos e sempre esteve na luta à frente desta causa de que não será um bloco a mais que nos deixará mais bem vestidas. Muito pelo contrário. O fato de associar elegância ao santo alto já entra no limbo cafona e fora de contexto.

A moda vem sendo cada vez mais desconstruída de regras e padrões. E que padrões são esses? Os padrões são impostos muitas vezes por quem nem sequer se preocupa em estudar história, comunicação, cultura e até mesmo política, afinal moda é a união de todos esses fatores. Seria impossível falar sobre uma roupa ou até mesmo um acessório sem recorrer a recursos da história e aos livros.

Para falar sobre moda, precisamos estar completamente desnudos de padrões e preconceitos, a moda precisa acompanhar apenas quem a carrega, ou seja cada um precisa ser dono de seu próprio estilo e suas vontades, graças à modernidade e a muita luta conseguimos fazer belos desencontros do que antigamente eram tidos como “tem que ter” para simplesmente ser quem você quer.

Nesses desencontros, ganhamos um ponto extra que foi o início da desmistificação do uso do salto alto que sempre foi associado a elegância, estilo e feminilidade. Graças a grandes estilistas que deram o start nas ideias de colocar modelos sem salto alto cada vez mais sofisticados, modernos e ricos em detalhes, vemos a cada dia as prateleiras de lojas, páginas das revistas e principalmente feeds na internet recheados de produções mega elaboradas e todas com os pés no chão.

Confesso que muitas vezes vejo o não uso do salto alto como um movimento muito forte e de aceitação de si mesma, afinal nós mulheres podemos nos sentir infinitamente seguras, elegantes, bonitas e atraentes sem reportar isso a uma peça seja de roupa ou acessório. Nossa energia, leveza e principalmente as nossas atitudes vão mostrar muito mais de nós mesmas do que uma simples peça.

Quando chamo o não uso do salto alto de um movimento é que por muitos anos ele foi considerado um item indispensável, chegando a colocar em prova até mesmo questões femininas, e isso é algo muito sério, jamais devemos estar ligadas a um complexo material para explicar a nossa existência.

O conteúdo continua após o anúncio

Cada vez mais ligada naquilo que é atual, fui atrás dos modelos queridinhos para explicar aqui hoje o nosso encanto para descer os degraus e encontrar a beleza no conforto. Os modelos preferidos das mulheres que estão cada vez mais abrindo mão do salto alto se resume em primeiro lugar aos tênis, em segundo às sapatilhas, em terceiro às rasteirinhas e, logo depois, a modelos recentemente valorizados, como mule, slide e alpargatas.

O futuro da moda vem sendo desconstruído, graças ao desejo do consumidor. O que circula pelas ruas é o que de fato importa. A moda de passarela é uma referência que nos faz encontrar pontos como cores, objetos e tendências, porém nada jamais substituirá a moda de rua, a moda que nos acompanha nos nossos dias de muito trabalho e correria. E, mais do que isso, a moda prática.

Agora que você já encontrou um substituto para o seu salto alto, aposto que também está ansiosa para colocar isso em prática! Use e abuse dos modelos cheios de detalhes, pedrarias e brilhos para a noite, inclusive com vestidos longos e o famoso midi, você pode sim estar extremamente bem vestida e dentro do dress code exigido em festas noturnas como bailes, formaturas e até mesmo casamentos.

E para o dia a dia com certeza você já lançou mão de modelos bem interessantes e que te fazem flutuar quando o assunto é conforto.

Se jogue e seja você mesma! Com ou sem salto alto!

Ficha técnica
Fotos: Camilla Villas
Modelos: Santa Lolla

Camila Villas

Camila Villas

Consultora e Produtora de Moda Pós-graduada em Mercado de Moda Membro do Conselho Jovem da Associação Comercial de Juiz de Fora Colunista da Revista Bonna Colunista na Revista Revir negócios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia