Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / na pele delas / chuva / polícia / bolsonaro / eleições 2020

Como fazer as análises de métricas de mídias pagas

Mídias pagas podem ser uma ótima alternativa para promover sua marca ou serviço. Tais anúncios ajudam a atrair leads qualificados, convertendo em vendas, visitas e obtendo o famoso retorno do investimento. Saiba mais e fique atento a sua análise de métricas de mídias pagas.

Por Diogo Garcia

31/07/2018 às 16h44 - Atualizada 31/07/2018 às 16h46

As mídias pagas podem ser uma ótima alternativa para promover sua marca ou serviço. Tais anúncios ajudam a atrair leads qualificados, convertendo em vendas, visitas e obtendo o retorno do investimento – ROI.

A concorrência está de olho em todas as formas de alcance de resultados, e você não pode ficar de fora. É preciso estar sempre atento a evolução do mercado digital, mas também é necessário ter certeza de que o seu trabalho será compensado.

Milhões de pessoas estão conectados, seja em computadores, tablets ou smartphones, são eles que têm os recursos e as ferramentas capazes de ajudar no impacto dos seus anúncios.

É de extrema importância que seu público-alvo seja descrito de forma detalhada para que os conteúdos a serem disponibilizados estejam dentro das suas necessidades, alcançando assim, suas expectativas.

A mídia paga promove e converte exibindo os anúncios exatamente para os usuários que se deseja alcançar, mantendo no topo aquelas empresas que garantem a qualidade da conversão.

Existem diferentes tipos que ajudarão nas análises dos negócios e a alavancar os resultados. Confira!

• Remarketing

Se algum possível cliente acessou o site da empresa, porém essa visita não foi convertida em venda, ainda existe uma nova chance de aproximação: o remarketing.

Através dele os anúncios poderão ser visualizados em outros sites acessados pelos usuários, relembrando do seu produto/serviço, dando uma nova oportunidade de clique ou aquisição.

Native Ads

Existem sites e portais que possuem vínculos de notícias ou conteúdos relacionados ao que você deseja ofertar.

Através dessa estratégia, seus anúncios aparecem ao lado ou abaixo dos artigos desses sites, conduzindo o leitor à sua página.

Ebook alta performance

• Links patrocinados

Os mecanismos de busca são cada vez mais utilizados pelos clientes, seja para pesquisa de opiniões sobre o produto, seja para comparativos entre as empresas.

Todas as vezes que uma busca por palavra for realizada, seja ela extremamente específica ou não, sua campanha poderá aparecer no ranking de acordo com as palavras-chave específicas para determinada campanha.

• Social Ads

Hoje em dia, as principais redes sociais permitem anúncios patrocinados, segmentando campanhas de acordo com o público-alvo.

Isso faz com que a empresa consiga atingir leads cada vez mais qualificados para que a conversão em vendas ocorra.

• Banner e conteúdos patrocinados em blogs

O conteúdo continua após o anúncio

Se o seu público tem a tendência a acompanhar blogs e sites, essa também é uma ótima alternativa para exibir seus anúncios.

Informes publicitários e matérias jornalísticas, capazes de passar informações úteis para o lead, também podem levar a assinatura da marca.

Formadores de opinião

Algumas vezes esse tipo de mídia paga pode ser realizada através de escambo, oferecendo a famosos do meio digital algum produto ou serviço em troca de recomendações da sua marca.

Hoje em dia, se tornou muito atrativo pela quantidade de blogueiros que estão surgindo e se consolidando como fortes formadores de opinião no mercado.

 

Tipos de midias pagas post Grupo Emedia

 

A importância das métricas

O Google funciona de acordo com o grau de relevância – por meio do Adwords – do que está sendo anunciado, rankeando palavras que farão sentido para as pesquisas realizadas. Tal fator coloca as empresas em um posicionamento melhor, ficando à frente dos concorrentes.

É preciso estudar qual o custo máximo de uma venda que você está disposto a investir em mídias pagas e também aplicar onde existe uma maior demanda, focando sempre em palavras específicas.

É preciso adquirir palavras-chave de cauda longa, cerca de 80% com configurações exatas, pois dessa forma, é possível economizar no investimento, enquanto aproximadamente 20% podem ser aplicados em palavras genéricas.

A mídia paga dá a oportunidade de análises ao longo de uma campanha, possibilitando que sejam aprimoradas estratégias, fazendo com que os anúncios se tornem ainda mais eficazes.

Mas nunca deixe de lado os anúncios orgânicos, pois, trabalhando as duas formas de maneira simultânea, os resultados serão cada vez melhores.

É possível que suas análises sejam feitas de acordo com determinado período, analisando os resultados sempre com o pensamento no objetivo inicial.

Cada período da campanha poderá ser observado e modificado de acordo com as necessidades, por isso as métricas são um fator crucial para que novas ferramentas possam ser aplicadas ou abordagens possam ser repensadas, pois elas são capazes de expor todos os pontos positivos e negativos do trabalho desempenhado.

O alcance da campanha, a quantidade de usuários impactados, a frequência com que determinado anúncio apareceu para o seu público, o total de cliques, o preço médio e o gasto consolidado, são apenas alguns fatores que podem ser mensurados.

Confira o nosso post “O que são kpis e porque eles são essenciais para sua empresa” e conheça as metodologias capazes de tais análises.

Ao analisar suas métricas, pondere os resultados de acordo com as necessidades de determinada campanha, pois através dos investimentos feitos, seu retorno pode estar garantido. É a análise das métricas que leva a empresa ao sucesso ou ao fracasso.

Quer saber mais sobre métricas e mídias pagas?

 Até breve!

Diogo Garcia

Sou empreendedor digital desde 2008, a frente de empresas como o portal de conteúdo educacional Ecaderno.com, a agência de marketing digital Grupo Emídia e o site de bolsas de estudo To de Bolsa. Um incansável estudioso das estratégias de marketing digital e vendas online e que acredita que este é o caminho para as empresas prosperarem. O digital não é o futuro, é o presente !

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia