Tópicos em alta: chuva / cerveja contaminada / carnaval / polícia / eleições 2020 / bolsonaro

Pessoas com hipertensão podem se exercitar?

Por Luiz Henrique Fernandes

25/07/2018 às 14h59 - Atualizada 25/07/2018 às 14h59

Atualmente, segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão, um terço da população adulta brasileira tem pressão alta. Um dado alarmante, visto que a hipertensão é uma das principais causas de doença ou morte cardiovascular.

A dor no peito pode ser um alerta que algo não vai bem: procure um cardiologista.

Você já deve ter ouvido falar sobre hipertensão ou pode ter até um parente próximo que tenha esse comprometimento na saúde. A hipertensão arterial está no topo da lista das doenças que mais matam. Entre outros problemas que podem ser causados, ela pode provocar um infarto, causando uma parada cardíaca ou um acidente vascular cerebral, o popular derrame.

A visita ao cardiologista é de suma importância antes de iniciar os exercícios, pois, ele poderá atestar que você está em condições para a prática de atividades físicas com segurança.

Além do tratamento através de medicamentos, a mudança no estilo de vida inserindo a prática regular de atividades físicas será crucial para a diminuição da pressão arterial para quem já foi diagnosticado como hipertenso e também para trazer esse controle para aqueles que ainda não têm a doença, mas que tem uma predisposição para desenvolvê-la, como os filhos de pessoas hipertensas e os indivíduos obesos.

É importante lembrar que a prática da atividade física frequente vai fazer com que a pressão arterial diminua tanto no repouso, quanto nas atividades diárias das pessoas, até mesmo nas situações mais estressantes!

O conteúdo continua após o anúncio
Procure sempre um médico para que você saiba as suas reais condições de saúde antes de praticar suas atividades.

O acompanhamento das atividades deve ser realizado por um profissional de educação física, que vai te orientar e determinar o caminho ideal a ser seguido. Se está há muito tempo sem se exercitar, o ideal é ir começando aos poucos, aumentando a intensidade dos treinos gradativamente, até que, sem perceber, a prática de exercícios já está inserida na sua rotina.

Os praticantes de atividades físicas que sofrem com a hipertensão, e têm a utilização de medicamentos como parte da sua rotina de tratamento, devem seguir a risca a orientação médica para que o uso indevido dos remédios não atrapalhem na prática das atividades e nem tragam graves consequência à saúde.

Cuidados com a alimentação também devem ser tomados, pois ela está diretamente associada aos riscos de se desenvolver a hipertensão, assim como o tabagismo deve ser evitado.

E então: pessoas com hipertensão podem se exercitar?

Pratique atividades físicas regularmente.

Já sabe o que fazer! Comece hoje mesmo a sua prática de atividades físicas ou se você já é praticante, este é mais um motivo pra que você nunca pare de se exercitar! Procure um médico para obter a liberação para a prática, um profissional de educação física para te orientar, e se exercite com segurança, atingindo assim, o auge da sua saúde! Vamos fazer acontecer? Pratique saúde, pratique atividades físicas!

Para mais informações, outros assuntos, dicas e para conhecer melhor sobre o meu trabalho, acesse o meu Instagram e curta a minha página no Facebook.  Grande abraço e até a próxima!

Luiz Henrique Fernandes

Luiz Henrique Fernandes

O Professor Luiz Henrique Fernandes (CREF 6 MG - 016003) é Bacharel e Licenciado em Educação Física, Pós Graduado em Aspectos Biodinâmicos do Movimento Humano. É o professor responsável técnico do Studio Luiz Henrique Personal Trainer localizado no bairro São Pedro, onde trabalha com o treinamento funcional e suas vertentes, além de treinamento de corrida, treinamento de força, emagrecimento e condicionamento físico geral, sempre com foco na saúde e qualidade de vida das pessoas. Luiz Henrique também atua como palestrante, levando vários assuntos relacionados à sua área de atuação à instituições de ensino e empresas da região.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia