Tópicos em alta: chuva / cerveja contaminada / carnaval / polícia / eleições 2020 / bolsonaro

Mantendo a rotina de exercícios no inverno

Por Luiz Henrique Fernandes

15/08/2018 às 13h32 - Atualizada 15/08/2018 às 13h32

Praticar exercícios físicos no inverno requer alguns cuidados especiais. E quando a temperatura cai, praticar atividades físicas se torna uma missão difícil de ser cumprida. Desânimo, preguiça e procrastinação se tornam companheiros nessa luta, mas, é necessário arrumar forças e vencer os obstáculos impostos pela estação mais amada e/ou odiada do ano.

Exercitar-se em marcas inferiores a 14 graus pode representar risco a saúde. Isso porque o frio faz com que o sangue não chegue suficientemente onde deveria, e o organismo sente muito.

Segundo o cardiologista e médico do esporte Nabil Ghorayeb (HCor – SP), há pelo menos 50 anos, especialistas em todo o mundo observam o aumento da mortalidade por doença cardiovascular durante o inverno.

Uma pesquisa revelou que quando os termômetros registram temperaturas abaixo de 14 graus, os casos de infarto aumentam em até 30%. “Mortes em recentes edições da Maratona de Nova York, por exemplo, aconteceram também por influência do frio”, lembra o médico do HCor.

O conteúdo continua após o anúncio

A variação súbita da temperatura é outro agravante. Conhecido como choque térmico, a transição de um ambiente muito aquecido para um lugar mais frio pode desencadear alterações cardíacas.

O clima gelado favorece ainda infecções respiratórias. Para minimizar os problemas, procure realizar a respiração nasal durante a prática esportiva, fazendo com que o ar chegue aquecido aos pulmões.

Vencer a preguiça para treinar no inverno vai fazer a diferença na sua saúde.

Saia de casa agasalhado, e só retire o excesso de roupa à medida que for aquecendo o corpo. É essencial iniciar os exercícios de forma leve. O aquecimento deve ser realizado antes de qualquer atividade, porém no inverno, ele deve ser feito com maior atenção.

No frio, a musculatura está mais contraída e tensa, e para atenuar os riscos de lesões, é preciso alongar levemente o corpo e depois partir para um bom aquecimento. O frio pode trazer aquela sensação que está sobrando ar e seu corpo parece responder melhor, especialmente no início da atividade, ou seja, a percepção de esforço é menor. Só que isto representa um risco, porque pode haver sobrecarga tanto para os músculos quanto para o coração. Portanto não deixe de se agasalhar bem e tomar todos esses cuidados.

Para mais informações, outros assuntos, dicas e para conhecer melhor sobre o meu trabalho, acesse o meu Instagram e curta a minha página no Facebook.  Grande abraço e até a próxima!

 

Luiz Henrique Fernandes

Luiz Henrique Fernandes

O Professor Luiz Henrique Fernandes (CREF 6 MG - 016003) é Bacharel e Licenciado em Educação Física, Pós Graduado em Aspectos Biodinâmicos do Movimento Humano. É o professor responsável técnico do Studio Luiz Henrique Personal Trainer localizado no bairro São Pedro, onde trabalha com o treinamento funcional e suas vertentes, além de treinamento de corrida, treinamento de força, emagrecimento e condicionamento físico geral, sempre com foco na saúde e qualidade de vida das pessoas. Luiz Henrique também atua como palestrante, levando vários assuntos relacionados à sua área de atuação à instituições de ensino e empresas da região.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia