Tópicos em alta: cartas a jf / sergio moro / dengue / polícia

Inspirações para receber o Ano Novo: hora de brindar com estilo e desejar um feliz 2019!

Por Luiz Henrique Duarte

03/01/2019 às 20h25 - Atualizada 07/01/2019 às 18h56

O réveillon é a festa máxima para celebrar o ano novo e os detalhes de última hora podem ser executados com exatidão e facilidade algumas horas antes da virada. O líder romano Júlio César, decretou o primeiro dia de janeiro como o início de um novo ciclo. “ Como estamos saíndo do período de Natal, a proposta é fazer um brinde descontraído, sem esquecer dos brilhos e das tradições que envolvem a noite mais especial do ano “, define a arquiteta Thais Filgueiras. As cores apresentam significados especiais e são fáceis de introduzir em todos os espaços, como argumenta a arquiteta Fernanda Falabella ” o dourado está relacionado ao dinheiro, o prata, à saúde e paz, trazendo prosperidade e fartura para o ano, além de combinar em qualquer cenário “. A utilização do branco, que é uma cor cultural, representa a purificação espiritual e está presente em todos os ambientes constituídos com design e estilo.

Brindar e festejar

Para deixar os ambientes confortáveis e descontraídos, um décor temático poderá ser constituído para brindar e festejar. O ideal é buscar inspirações em todos os desejos e sonhos a serem realizados no ano que irá entrar, representando-os com itens decorativos para contextualizar, como balões a gás, que significam liberdade e conquistas, castiçais, cristais, garrafas de espumantes, velas e relógios para representar a metáfora do tempo. As frutas, flores e vegetações exóticas naturais, entram como itens de ornamentação. ” O tema é livre, vai de acordo com as propostas e intenções para o ano novo. O que você faz nesta noite, vai estar sempre acontecendo durante o ano “, diz Fernanda, como regem as lendas.

A noite de ano novo é democrática, pode ser comemorada em salas, áreas externas, jardins tropicais e varandas de convivência gourmet. O jogo de luz e a presença de uma iluminação planejada, valorizará ainda mais a decoração. “Podemos abusar dos brilhos decorativos, pois remetem aos fogos de artifício, e representar os simbolismos das tradições em casa “, sugere Thais.

O conteúdo continua após o anúncio

 

Design e superstições

As novas ideias podem ser traduzidas de uma maneira diferente do dia-dia, principalmente na hora de brindar, facilitando os convidados de uma maneira versátil, ” como foi proposta as mini-garrafas de espumante com canudinhos em papel “, ensina Fernanda. O carrinho de chá, transformou-se em um móvel itinerante para o brinde, com todos os apetrechos necessários para este momento. ” A proposta é utilizar os móveis tradicionais com um toque a mais “, fala Thais. Os pufes podem expor bandejas com aperitivos, flores ornamentais, e os bancos rústicos funcionam como buffets, facilitando servir as bebidas destiladas e o menu para degustação.

O design pode ser multifuncional: onde ” a grande sacada dessa proposta é não precisar das mesas de jantar para montar um cenário interessante, podendo até fazer em ambientes compactos “, finaliza Fernanda. O serviço de mesa deverá ser acessível e sem complicações. ” Os guardanapos em papel são práticos, e as fitas de presente fazem um belo fundo para a montagem das mesas “, lembra Thais. As superstições podem estar presentes nas especiarias como lentilhas, nozes e romãs, que simbolizam a fartura financeira e as amêndoas drage representam ” a saúde, longevidade, riqueza e felicidade “, conclui Thais. Happy new year!

Ficha técnica:

Ambientes: Fernanda Falabella e Thais Filgueiras ( Falabella Arquitetura )
Arranjos naturais: Tendência Verde
Cenário: Dommanni Alta Decoração
Design: Geórgia Gifts
Espumantes: Garrafaria Distribuidora
Fotos: Gal Oliveira
Produção: Luiz Henrique Duarte

Luiz Henrique Duarte

Luiz Henrique Duarte

Sou bacharel em direto, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, arquitetura e tudo relacionado à estética espacial dos ambientes e do bem viver.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia