Tópicos em alta: chuva / cerveja contaminada / carnaval / polícia / eleições 2020 / bolsonaro

Jejum Intermitente: Vale a pena?

Por Alice Amaral

16/01/2020 às 14h29 - Atualizada 16/01/2020 às 14h49

 

Jejum intermitente é um método de emagrecimento que visa intercalar períodos de jejum com períodos de alimentação. O objetivo é fazer com que o corpo utilize os estoques de gordura e com isso haja uma perda de massa gorda.

Esta técnica de emagrecimento divide cientistas e profissionais da saúde que o criticam ou o defendem. O consenso é que pode ser feito com segurança por qualquer pessoa que não tenha restrições. O jejum funciona para eliminar os quilos extras, mas não pode ser considerado melhor, nem pior, do que vários outros programas para perda de peso.

O conteúdo continua após o anúncio

Existem quatro padrões de jejum intermitente: O padrão 1:1: o indivíduo se alimenta normalmente dia sim, dia não. Obtendo apenas 500 calorias em um dia e permanecendo com a alimentação normal no outro. Padrão 5:2: Onde, a pessoa se alimenta como de costume cinco dias por semana e nos outros dois as 500 calorias. Padrão 6:1: O menos aconselhável, nele a pessoa fica apenas um dia da semana de jejum, só se alimentando de líquidos. Por último, o padrão 16:8: o jejum dura 16 horas, abrindo uma janela de 8 horas para a alimentação.

Uma pesquisa publicada no periódico científico The American Journal of Clinical Nutrition, realizada durante 50 semanas com 150 pessoas, concluiu que o jejum é tão eficiente para emagrecer ou melhorar a saúde metabólica quanto uma dieta em que as pessoas reduziram cerca de 20% de sua ingestão calórica. Os resultados de perda de peso de qualquer estratégia alimentar dependem principalmente da capacidade da pessoa em manter o cardápio saudável por um longo período, se possível para o resto da vida. Sempre lembre em procurar um profissional antes de começar uma dieta!

 

Entre em conato conosco, pelo: [email protected] ou pelo 32152250.

Alice Amaral

Alice Amaral

Médica - Título de Especialista em Nutrologia – RQE 9884 - Título de Especialista em Medicina do Esporte – RQE 9895 - Título de Medicina Física e Reabilitação - RQE 44090

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia