Tópicos em alta: delivery jf / eleições 2020 / coronavírus / blogs e colunas / obituário / polícia

Home office: De tendência mundial à emergencial

Priorize cadeira confortável, mesa adequada, decoração agradável e iluminação correta

Por Aletheia Westermann

30/03/2020 às 13h10 - Atualizada 30/03/2020 às 13h06

De repente, quase de um dia para outro, profissionais do mundo inteiro foram forçados a ficar em casa em resposta a disseminação generalizada do surto da Covid-19 migrando ainda mais a maneira de trabalhar para o trabalho remoto.

Para muitos, um escritório em casa, nem que seja pequeno, vem se tornando necessário para nos permitir dar continuidade a atividades enquanto essa pandemia não passa. O que já era uma tendência mundial, principalmente nos grandes centros, onde os deslocamentos são grandes e o trânsito caótico, passou a ser uma necessidade global em tempos de propagação generalizada desse vírus pelo planeta.

A popularização dos computadores, o boom da internet e a praticidade de ter o mundo ao alcance pelos smartphones significam que a tecnologia será ainda mais importante para que possamos continuar trabalhando de forma colaborativa e eficaz. Porém, mesmo com todas essas ferramentas, estando em casa, é preciso criar um ambiente de trabalho com disciplina, para que a rotina funcione bem, evitando assim as distrações e perda de produtividade.

O conteúdo continua após o anúncio

Ter um canto da casa separado dos principais cômodos de convivência é um dos requisitos sugeridos. Todavia, se não houver um cômodo exclusivo para ser transformado em um escritório, ou mesmo, se suas atividades funcionam bem compartilhadas com outros espaços, a dica é otimizar a funcionalidade sem sobrecarregar o ambiente. Aposte em uma decoração agradável com mobiliários e peças de design limpo, porém não abra mão de materiais resistentes e duráveis, já que haverá um uso intenso. Prateleiras e gavetas são grandes aliados para acomodar livros, pastas e documentos e organizadores de mesa a manter tudo em ordem.

Uma cadeira confortável e ergonômica é fundamental para a jornada de trabalho. Escolha uma mesa ou bancada adequada com a prática de suas atividades. Para economizar espaço e deixar a área de trabalho mais limpa e sem um monte de cabos aparente, dê preferência ao eletrônico wireless e sem fio, como mouse, teclado e impressora. E se for o caso, prefira os notebooks aos desktops. Outro ponto a considerar é numa iluminação adequada que atenda a todos os horários. As tarefas ficam menos cansativas com uma iluminação direta adequada. Luminárias de mesa e pendentes são boas soluções. Ainda mais importante, certifique-se de que seu espaço conta com boa ventilação.

Limite a quantidade de notícias: é importante manter-se atualizado de fontes confiáveis. No entanto, o monitoramento constante de notícias e mídias sociais não apenas prejudicará seu fluxo de trabalho, como também aumentará desnecessariamente a ansiedade.

Apesar de essa pandemia ter provocado uma onda de incertezas e preocupações, motivando uma considerável mudança de planos a curto e médio prazo, é preciso lembrar que, por mais imprevisível que possa parecer, cedo ou tarde, tudo vai passar, e estaremos preparados para projetar um futuro melhor para todos nós.

Aletheia Westermann

Aletheia Westermann

Arquiteta e urbanista formou na UFJF EM 2001. Desde então é Arquiteta diretora do escritório Alethéia Westermann Arquitetos. Entre vários trabalhos importantes trabalhou na restauração do Cine Theatro Central em JF, tem projetos desenvolvidos tanto em São Paulo e Rio de Janeiro como no exterior: Em Londres, UK e nos Estados Unidos, nos estados da Florida e Connecticut . É colunista da rádio CBN/JF no programa Morar Bem Arquitetura e Interiores, além de escrever semanalmente para o Jornal Tribuna de Minas no caderno Casa e Cia.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia