Tópicos em alta: delivery jf / eleições 2020 / coronavírus / blogs e colunas / obituário / polícia

Verde à vista!!!

Por Aletheia Westermann

27/09/2020 às 06h59 - Atualizada 25/09/2020 às 21h39

Depois desse tempo de confinamento, quem ainda não se pegou idealizando mais espaço, conforto e a vontade de trazer a natureza, o natural para dentro do lar? Dentro dessa busca pela sensação de bem-estar, o verde, o jardim, as plantas são uma das vias que trazem para o ambiente esta atmosfera de calma e tranquilidade, aliviando o estresse e purificando o ar.

Cada vez mais presentes na arquitetura de interior, e com a chegada da estação mais charmosa do ano, as plantas dentro de casa reforçam a conexão com a natureza e traduzem o simbolismo de recomeço e otimismo. Querer estar perto do verde é uma tendência que permanece com força total, agora mais do que nunca, e são as folhagens as protagonistas do momento. Para tanto, um pouco de disciplina para molhar as plantas e uma boa dose de criatividade são premissas para transformar os ambientes com esses jardins particulares.

Formatos, cores e espessuras diferentes podem resultar em um mix interessante, pois atraem o olhar e dão um upgrade imediato ao ambiente. Estantes, prateleiras e cristaleiras podem ganhar um charme a mais na companhia das mais variadas espécies. Vasos misturados a outros objetos, como livros, quadros e esculturas, dão vida ao décor. Para móveis como mesas e aparadores, escolha plantas que fiquem bonitas de serem vistas de cima. Porém, opte por espécies de acordo com as condições de luz e umidade, além, claro, de combinar com sua rotina.
Criar pequenos núcleos de plantas em meio à decoração é outra maneira bem interessante de trazer o verde e também outras cores. O paisagismo contemporâneo pede um visual natural, com ervas e espécies vistas como mato. O contraste das folhagens mais o refinamento dos móveis trazem o despojamento do espaço.

Querer estar cercado de plantas segue como forte tendência em versões mais contemporâneas na decoração de salas, varandas, cozinhas e banheiros. Falando nisso, os jardins verticais, além de lindos e impactantes, destacam-se pelas melhorias na sensação térmica e na qualidade do ar, pois, além de produzirem oxigênio, tornam o ar mais úmido e criam uma atmosfera muito mais agradável com a combinação das plantas, flores e aromas. Soma-se a isso, quando bem executados e bem cuidados poderão se adaptar a qualquer espaço desde lavabos, varandas, salas, quartos, áreas gourmets, até garagens e fachadas, trazendo, assim, a sensação de integração entre os ambientes interno e externo.
Em ambientes bem iluminados e com janelas grandes, é uma boa ideia deixar que trepadeiras cresçam pelas estruturas ou mesmo pelas paredes. O visual alcançado é selvagem e romântico ao mesmo tempo.

Ideias não faltam, seja para quem busca mais rusticidade ou um espaço mais contemporâneo. Texturas e formas diversas ainda funcionam como um belo recurso de decoração. Vale ousar e trazer para perto o bem-estar e tranquilidade.

O conteúdo continua após o anúncio

Leia também nosso blog: www.tribunademinas.com.br/blog/aletheia-westermann e nosso site www.aletheia.com.br

Aletheia Westermann

Aletheia Westermann

Arquiteta e urbanista formou na UFJF EM 2001. Desde então é Arquiteta diretora do escritório Alethéia Westermann Arquitetos. Entre vários trabalhos importantes trabalhou na restauração do Cine Theatro Central em JF, tem projetos desenvolvidos tanto em São Paulo e Rio de Janeiro como no exterior: Em Londres, UK e nos Estados Unidos, nos estados da Florida e Connecticut . É colunista da rádio CBN/JF no programa Morar Bem Arquitetura e Interiores, além de escrever semanalmente para o Jornal Tribuna de Minas no caderno Casa e Cia.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia