Tópicos em alta: cartas a jf / sergio moro / dengue / polícia

Quarto para irmãos

Por Aletheia Westermann

14/10/2018 às 07h00 - Atualizada 10/10/2018 às 12h30

Compartilhar e divertir!

Dividir o quarto com os irmãos pode ser muito divertido. Além de se sentirem mais seguros na hora de dormir, risos, brincadeiras, e também algumas briguinhas, farão parte da rotina dentro desse cômodo. Entretanto, lições valiosas são aprendidas ali, como: convivência, respeito ao espaço do outro e compartilhamento. Nesse ambiente vivo e cheio de atividades para as crianças, um projeto bem pensado é fundamental para a funcionalidade, organização e muita diversão, ainda que as crianças tenham idades diferentes ou mesmo sendo meninos e meninas.

Quarto de irmãos gêmeos Casa Design 2018 – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos

Espaço

Primeiramente, é preciso considerar o espaço disponível. Isso irá determinar a disposição do mobiliário de forma que não comprometa a circulação e as brincadeiras. Em quartos com metragem maior, é possível dispor de camas em L ou alinhadas. Em outras situações, beliches podem ajudar a ampliar a área (atenção na proteção para evitar acidentes), pois, oferecem a possibilidade de otimizar o espaço com armários, gavetas ou até mesmo uma área de estudo.

Embora dividindo o mesmo quarto, é preciso levar em consideração a personalidade e o gosto das crianças, ou tentar chegar a um acordo, mesmo quando há interesses divergentes. Assim, garantimos que cada um tenha o próprio espaço.

Quarto de irmãos gêmeos Casa Design 2018 – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos
Quarto de irmãos gêmeos Casa Design 2018 – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos

Personalização

Crianças mudam rapidamente de fase e de interesses também. Optar por móveis em tons neutros ou madeira ajuda a vencer qualquer época e combinam com qualquer decoração. Além disso, facilita na hora de personalizar o canto de cada um. Roupas de cama com a cor de preferência, almofadas, tapetes, pufes, quadros, papeis de parede e objetos decorativos completam o décor.

Quarto de irmãos gêmeos Casa Design 2018 – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos

Organização

Na hora da organização, caixas com rodízios, prateleiras e nichos são ótimos para deixarem os brinquedos acessíveis e em ordem. Armários com portas deslizantes facilitam a circulação. Aposte em acabamentos de espelho para ampliar o ambiente visualmente ou em lousas para canetinhas, pois, além de estimular a criatividade, ajudam a evitar artes nas paredes, mas, por precaução, use tintas laváveis para eventuais atividades “extras”.

O conteúdo continua após o anúncio
Quarto de irmãos gêmeos Casa Design 2018 – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos
Quarto de irmãos gêmeos Casa Design 2018 – Projeto do Escritório Aletheia Westermann Arquitetos

Assim, é possível criar um espaço de diversão e entretenimento para reforçar essa relação de afeto tão preciosa entre irmãos. Afinal, são tempos felizes que ficam guardados para sempre na lembrança.

Quer conhecer mais? Visite nosso quarto dos gêmeos no Casa&Design 2018, na Rua Sampaio 261, Grambery.

 

Visite também nosso site: www.aletheia.com.br

Instagram: @aletheia_westermannarquitetos

Facebook: @aletheiawestermannarquitetos

Email: [email protected]

Endereço: Rua Coronel Vaz de Mello 32|102- Bom Pastor

   Juiz de Fora . MG . Brasil.  CEP: 36021-670

   Tel: (32) 3213-5657

Aletheia Westermann

Aletheia Westermann

Arquiteta e urbanista formou na UFJF EM 2001. Desde então é Arquiteta diretora do escritório Alethéia Westermann Arquitetos. Entre vários trabalhos importantes trabalhou na restauração do Cine Theatro Central em JF, tem projetos desenvolvidos tanto em São Paulo e Rio de Janeiro como no exterior: Em Londres, UK e nos Estados Unidos, nos estados da Florida e Connecticut . É colunista da rádio CBN/JF no programa Morar Bem Arquitetura e Interiores, além de escrever semanalmente para o Jornal Tribuna de Minas no caderno Casa e Cia.

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia