Tópicos em alta: delivery jf / coronavírus / polícia / eleições 2020 / bolsonaro

Vista-se para o sucesso

Por Ana Paula Calixto

13/03/2020 às 06h58 - Atualizada 12/03/2020 às 21h49

No mês da mulher, uma coluna com mulheres da vida real! Cinco superprofissionais da cidade posaram para a fotógrafa Estephania Lopes com seus looks de trabalho. Cada uma na sua área. A coluna traz mulheres que não abrem mão de seus estilos, suas essências, para encarar um mercado de trabalho cada vez mais ocupado pela força feminina.

NO DRESS CODE

A flexibilização na maneira de se vestir é uma realidade, observada tanto nas ruas quanto no ambiente de trabalho. O estilo pessoal e a expressão da personalidade tornaram-se mais importantes que regras preestabelecidas. O ‘no dress code” é um movimento que ganha força, a tendência mais do que nunca é ser você e se vestir de acordo com o seu estilo, inclusive no trabalho.

Mas a meta deve ser construir uma imagem profissional coerente, pois, num mercado altamente competitivo, uma imagem pessoal bem cuidada reforça a ideia de profissionalismo, disciplina e sucesso.

Sua forma de vestir é parte da construção da sua identidade profissional. E você pode mudar, aprimorar e planejar sua imagem de forma estratégica. Não existe roupa neutra, uma roupa que não comunica. Definir a sua identidade, o seu estilo, pode te ajudar muito a adequar o guarda-roupa ao ambiente de trabalho. Mesmo com a quebra de várias regras, adequação nunca sai de moda, e existem ambientes mais formais e códigos de vestimentas mais rígidos em algumas profissões que devem ser respeitados.

Lembre-se sempre que as roupas falam sobre você, cuide para que elas falem bem! Seja representante visual da sua carreira e faça acontecer.

“TO DO”

Fernanda-Rubatino-arquiteta Ana-Helena-Vasconcelos-bancária Renata-Martinez,-advogada Aline-Lopes-dentista alessandra-brun
<
>
Ana Helena Vasconcelos, bancária

* O primeiro passo é sempre a pesquisa, copiar na moda é legal! Conheça seu tipo de corpo, personalidade, seu gosto pessoal e produza looks que te favoreçam. A meta deve ser imprimir o seu estilo e deixar a roupa do seu jeito, mas sempre adequada a sua imagem profissional

* Tenha sempre uma base, aquele combo que funciona para o seu estilo e vai aos poucos mudando os acessórios ou uma peça, montando várias opções

* Memorize looks e faça uma lista mental de produções que você sabe que dão certo

* Pense sempre na previsão do tempo, na agenda do dia e também no meio de transporte

O conteúdo continua após o anúncio

* O segredo para acertar na composição para trabalhar está em adquirir peças de qualidade, com bom caimento e que proporcionem a você versatilidade para criar várias possibilidades

* Já foi a época em que o jeans não podia ser usado nos ambientes de trabalho, só tenha cuidado com os modelos muito despojados para os ambientes mais formais

* O blazer é um complemento ideal para as produções de trabalho. Combine com camisa, camiseta, e garanta um visual elegante. As modelagens podem ser oversized, o modelo super largo, tendência do momento, ou mais acinturado.

* Abuse da arte do hi-lo: compor o office look com camisetas básicas, calças jeans associadas a peças mais clássicas e sóbrias funciona bem

* Camisas de alfaiataria são escolhas certeiras na hora de montar um look para o trabalho

* Bolsa e sapato fazem toda a diferença e falam muito do seu estilo. Com a quebra das regras do vestir corporativo, tênis e sapatos mais baixos fazem parte do look de trabalho. Aqui o cuidado é para o look não ficar muito informal

* Conforto não é sinônimo de desleixo, leve a modernidade que te representa, que faz sentido pra você, mas sem perder a elegância

* E no mais, vista-se para o sucesso!

“Uma mulher deve ser duas coisas na vida: quem e o que ela quiser.” Coco Chanel

FICHA TÉCNICA :
FOTOS: Estephania Lopes

Ana Paula Calixto

Ana Paula Calixto

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é dos autores das mensagens.
A Tribuna reserva-se o direito de excluir postagens que contenham insultos e ameaças a seus jornalistas, bem como xingamentos, injúrias e agressões a terceiros.



Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia