Políticos e cidadãos são despreparados?

Por Sérgio Lopes, Jornalista e professor de educação básica de escolas públicas de Coronel Pacheco e Goianá

06/10/2017 às 07h00

Segundo informação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui 8.515.767,049 quilômetros quadrados e tem 207.660.929 habitantes. Ainda de acordo com o instituto, o território nacional é dividido em 26 estados e um Distrito Federal e é formado por 5.570 municípios. As 27 Unidades da Federação têm deputados estaduais e distritais… O Congresso Nacional é composto pela Câmara dos Deputados (formada por 513 deputados federais) e pelo Senado Federal (formado por 81 senadores). O presidente da República exerce o cargo de chefe máximo do Poder Executivo Federal. Há também o vice-presidente e os ministros de Estado… Em todas as cidades brasileiras, há homens públicos que exercem os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador.

Estes senhores, contudo, estão preparados para governar as cidades, os estados e o país? Um indivíduo analfabeto apresenta como característica marcante não saber ler e escrever, dentre outras que é desnecessário mencionar. No meio político brasileiro, é fácil identificar pessoas que fazem parte dessa situação que desonra a nação. Nas gestões municipais de cidades do interior, muitos políticos são despreparados. Não passaram da quarta série, não conseguem ler e escrever, não completaram sequer o ensino fundamental. Uma quantidade considerável de políticos das Assembleias Legislativas e do Congresso Nacional apresenta falta de conhecimento de como funciona os serviços públicos, seus ditames, o que é de fato ilícito ou lícito, principalmente com relação à educação, saúde, segurança pública, licitação etc. De 1986 até os dias atuais, a maioria não tem dado importância à realidade dos fatos. Justificam seus propósitos, demonstram imaturidade e irresponsabilidade política.

Mesmo diante dessa realidade, assumem as prefeituras, câmaras, assembleias legislativas e Congresso para representar um povo que necessita de melhorias e de alguém mais preparado para governar. Entretanto quem são os responsáveis pela perpetuação do poder dos políticos despreparados? Grande parte do povo brasileiro detesta ler e não sabe dos seus direitos e deveres. Se os cidadãos brasileiros conhecessem de fato o funcionamento das gestões públicas e a maneira de como fiscalizá-las, certamente os projetos políticos seriam mais coerentes, e as necessidades e os desejos do povo poderiam ser atendidos. Enfim, acompanhar o trabalho dos políticos é um desafio para a sociedade. Porém é necessário cobrar dos eleitos o compromisso de trabalhar em prol da sociedade como um todo.

O conteúdo continua após o anúncio

Este espaço é livre para a circulação de ideias e a Tribuna respeita a pluralidade de opiniões. Os artigos para essa seção serão recebidos por e-mail ([email protected]) e devem ter, no máximo, 35 linhas (de 70 caracteres) com identificação do autor e telefone de contato. O envio da foto é facultativo e pode ser feito pelo mesmo endereço de e-mail.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia