Campeã brasileira, atiradora local ganha medalha do Canadá

Por Tribuna

13/11/2017 às 20h03


Priscila Macêdo conquistou o título brasileiro de tiro prático com shotgun em Palmas (Foto: Arquivo Pessoal)

A atiradora juiz-forana Priscila Macêdo foi agraciada no último fim de semana com uma medalha diferente das comumente conquistadas em premiações de eventos esportivos. Após conquistar o título brasileiro de tiro prático com shotgun sacramentado no início de novembro, em Palmas (TO), a local ganhou uma medalha presidencial que veio do Canadá.

“Recebi essa medalha presidencial por ter sido campeã de shotgun em Palmas. Ela é dada para os campeões de provas nível 3, homologada pela IPSC (Federação Internacional de Tiro Prático) e vem lá do Canada. Os níveis são de acordo com a dificuldade. Nível 3 é uma prova com dificuldade maior. O mais alto é o nível 5”, explica Priscila.

O conteúdo continua após o anúncio

A atleta ainda foi campeã brasileira de rifle e vice no mini-rifle, na mesma data, em disputa da segunda etapa e final do Campeonato Brasileiro de IPSC Shotgun, Rifle e Mini-Rifle. Motivada e atrás de patrocínios por sonho olímpico, a atiradora já segue nesta terça-feira (14) e viaja para Ponta Grossa (PR), onde vai disputar a final do Trap Americano, campeonato de tiro esportivo.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia