Inscrição para Ideas for Milk termina no dia 20

A competição nacional, promovida pela Embrapa Gado de Leite, chega à segunda edição com o objetivo de estimular ideias inovadoras, visando a promover a eficiência no setor lácteo.

Por Tribuna

12/09/2017 às 06:30hs - Atualizada 11/09/2017 às 21:35hs

Termina, dia 20, o prazo de inscrições para o Ideas for Milk – Desafio de Startups. A competição nacional, promovida pela Embrapa Gado de Leite, chega à segunda edição com o objetivo de estimular ideias inovadoras, visando a promover a eficiência no setor lácteo. Os empreendedores interessados em investir no ramo podem se inscrever, dentro do prazo previsto, no site www.ideasformilk.com.br. São aceitas inovações no modelo de negócio, produto, processo ou serviço, baseadas em software web, aplicativo mobile e/ou solução em hardware, incluindo Internet das Coisas (IoT). O evento conta com a parceria de Carrusca Consulting, Agripoint, Qrânio e Kick Ventures.

Segundo o chefe da Embrapa Gado de Leite, Paulo do Carmo Martins, a proposta do Ideas for Milk é aproximar o setor lácteo da era digital, a chamada indústria 4.0. “Tudo que é importante hoje tem que caber em um smartphone e, sob este aspecto, estamos atrasados. Precisamos de soluções tecnológicas para o leite que garantam aos produtores e aos empresários a tomada de decisões de maneira rápida, segura e que capture valor para quem se dedica à atividade leiteira.”

Considerada uma das mais extensas do agronegócio brasileiro, a cadeia do leite emprega cerca de quatro milhões de trabalhadores e responde por 1/4 do Produto Interno Bruto (PIB) do país. No ano passado, o faturamento foi de R$ 67 bilhões. No entendimento da Embrapa, o setor, marcado pela pulverização e heterogeneidade, enfrenta desafios proporcionais à sua grandeza e, na mesma medida, oferece oportunidades para empreendedores digitais nas diversas etapas do processo produtivo: desde a produção de insumos agropecuários, passando pela rotina das fazendas, logística, indústria de laticínios até chegar ao mercado e ao consumidor final.

Na edição deste ano, as etapas de validação e análise das propostas foram simplificadas. Para a inscrição, além de preencher o formulário disponível no site, os empreendedores devem apresentar um pitch – uma descrição objetiva e comercial da solução, gravada em vídeo de três a cinco minutos.

O conteúdo continua após o anúncio

O Ideas for Milk 2017 será disputado em quatro fases: homologação, classificação, solução para o agronegócio do leite e final. A grande vencedora do desafio será eleita após apresentação presencial dos cinco finalistas para uma banca examinadora, em dezembro. Os resultados de cada etapa serão comunicados aos participantes por e-mail e no site institucional. A primeira edição reuniu 137 propostas e repercutiu no mercado brasileiro e até no exterior. A SCL Rota, startup de Belo Horizonte que venceu o desafio no ano passado, já oferece o sistema que gerencia a coleta do leite nas fazendas para grandes laticínios.

Desafio direto na fazenda
Um inédito hackaton rural, o Vacathon vai movimentar as instalações da Embrapa Gado de Leite, em Coronel Pacheco, durante cinco dias, no final do ano. O Vacathon é a primeira maratona de programação na qual as equipes, formadas em instituições de ensino superior, usam dados de pesquisas da Embrapa para desenvolver projetos de software e hardware. A proposta é permitir que os times conheçam mais sobre temáticas relacionadas à produção de leite, na fazenda, e possam criar soluções inovadoras com a ajuda de pesquisadores e produtores de leite. Para o Vacathon, serão convidadas 20 instituições de ensino superior. Cada uma poderá inscrever uma equipe liderada por um professor. As inscrições já estão abertas e podem feitas até 3 de novembro, e o evento acontece de 6 a 10 de dezembro.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia