Projeto leva ritmos musicais brasileiros a escolas municipais em JF

Iniciativa visitará dez escolas municipais em diferentes regiões da cidade

Por Julia Campos

13/09/2017 às 15:12hs - Atualizada 13/09/2017 às 15:12hs

Foto: Marcelo Ribeiro
Por Julia Campos, estagiária sob supervisão da editora Juliana Netto

Plantar nas crianças a semente da música brasileira é o atual objetivo dos músicos Maíra Delgado, Roger Resende e Fernando Drummond. Através do projeto ‘Alma Brasileira’, eles almejam que floresça em jovens de dez escolas municipais de Juiz de Fora, com idades entre 8 e 14 anos, novos ouvintes de ritmos tipicamente brasileiros: choro, samba, bossa nova, baião e frevo.

Trata-se de um ‘concerto didático’, que além de levar no repertório Chiquinha Gonzaga, Pixinguinha, Geraldo Pereira, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, entre outros grandes nomes da música nacional, também oferece um diálogo sobre a riqueza harmônica, melódica, histórica e poética dos gêneros trabalhados na iniciativa. Perguntas e brincadeiras fazem parte do circuito para gerar o máximo de interação possível com os alunos.

Idealizado e coordenado pela musicista, arte-educadora e produtora cultural Maíra Delgado, o projeto deve atender cerca de duas mil crianças entre os dias 13 e 21 de setembro. A iniciativa é patrocinado pela Lei Murilo Mendes e apoiada pela Secretaria de Educação, que ajudou na escolha das escolas que vão receber as visitas.

“Eles despertam para gêneros musicais que não são cotidianos no mundo deles. Nossa ideia é criar público para esses etilos e conscientizar que nosso país é muito rico musicalmente. Despertá-los para valorizar a música brasileira e para o interesse pelo assunto, e também ir ao encontro dos projetos culturais que já são desempenhados nas escolas”, conta a idealizadora, que define a iniciativa como “projeto de sensibilização”.

Primeira apresentação

A escola Municipal Áurea Bicalho, localizada no Bairro Linhares, Zona Leste da cidade, foi a primeira instituição a receber o ‘Alma Brasileira’ na manhã desta quarta-feira (13). Crianças e jovens, de 11 a 14 anos, dos 6º e 7º anos estiveram presentes na apresentação. A vice-diretora, Cátia Maria da Silva, disse que as crianças adoraram e soltaram a voz junto ao trio quando músicas mais conhecidas eram tocadas. “Eles tiveram oportunidade de conhecer outros ritmos, como o baião ou o chorinho, que às vezes muitos deles não têm nem conhecimento de que existem. Acredito que alguns podem ter gostado a ponto de aguçar a vontade de participar de aulas de música, de outros instrumentos. Eles ficaram muito motivados”, conta a vice-diretora. Maíra Delgado ficou motivada com o início da caminhada, e acredita que “a estreia não poderia ter sido melhor”.

Além de todos esses esforços para cultivar nessas gerações a importância de se valorizar a música e a cultura do lugar onde vivem, também está sendo filmado um mini documentário que mostrará cada passo do projeto. Serão apresentados depoimentos dos músicos, dos alunos e das escolas, contando como foi a experiência de participar da iniciativa. Depois de pronto, o documentário será divulgado na página do Facebook da Lei Murilo Mendes, no site da Prefeitura de Juiz de Fora, e na página do Facebook do Alma Brasileira.

Confira a programação do ‘Alma Brasileira’:

13/09 

10h | Escola Municipal Áurea Bicalho

14h | Escola Municipal Cosette de Alencar

14/09

O conteúdo continua após o anúncio

13:30h | Centro de Educação de Jovens e Adultos Doutor Geraldo Moutinho (CEM)

16:30h | Centro de Educação de Referência Herval da Cruz Braz

19/09 

10h | Escola Municipal Doutor Adhemar Rezende de Andrade

14:30h | Escola Municipal Jerônimo Vieira Tavares

20/09 

10h | Escola Municipal Pedro Marques

13:30h | Escola Municipal Santa Cecília

21/09 

10h | Escola Municipal Menelick de Carvalho

13:30h | Escola Municipal Carolina de Assis

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia