Operação deflagrada pela PM na Zona Leste prende quatro homens

Um adolescente de 17 anos também foi apreendido; um dos detidos foi capturado em Matias Barbosa

Por Vivia Lima

14/11/2017 às 18h33

Materiais apreendidos durante operação em quatro bairros da Zona Leste (Foto: Divulgação/PM)

Cinco pessoas, incluindo um adolescente de 17 anos, suspeitas de envolvimento em homicídios, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, que atuavam na Zona Leste de Juiz de Fora, foram capturadas nesta terça-feira (14) pela Polícia Militar. Entre os detidos está um homem que seria o principal alvo da manobra, responsável por levar medo à comunidade do Bairro São Benedito. Ele desfilava pelas ruas do bairro com um simulacro de fuzil. O homem foi localizado e preso em Matias Barbosa e, conforme a PM, cumpria pena no regime aberto. A operação, comandada pelo capitão Carlos Vilaça, foi desencadeada pela PM nas primeiras horas da manhã desta terça, ocorrendo de forma simultânea nos bairros São Benedito, Linhares, Vila Alpina e Santos Anjos. Foram cumpridos 14 mandados de busca a apreensão. A ação contou com 110 militares e 17 viaturas, com o apoio do helicóptero Pégasus.

Após denúncias repassadas pela comunidade, a polícia constatou que as informações eram verídicas e que os envolvidos viviam constantemente em confronto pelas ruas. “Identificamos locais e pontos onde estavam os suspeitos. Diante disso, foram expedidos e cumpridos os mandados durante mais de sete horas de operação. Daí a importância da participação da comunidade e interação com a polícia”, afirmou o comandante da 70ª Companhia da PM, capitão Vilaça.

Foram apreendidos um simulacro de fuzil e outro de pistola, um coldre, uma munição 9mm, quatro rádios comunicadores, utilizados para fazer a comunicação entre si e alertar sobre a presença policial, cinco tabletes de maconha, quatro papelotes de cocaína, além de uma balança de precisão e material para embalar entorpecente. Nas residências onde foram cumpridos os mandados estavam ainda uma câmera fotográfica, uma máscara, um CPU de computador e R$ 2.527 em dinheiro. “Tirar esse grupo de circulação tem grande importância. A operação foi lançada para a comunidade ordeira. Nossa proposta maior é garantir para as pessoas segurança e tranquilidade”, avaliou Vilaça. Todos os presos e o material apreendido foram encaminhados para a 1ª Delegacia Regional em Santa Terezinha.

O conteúdo continua após o anúncio

Informações e denúncias que possam contribuir com a comunidade e auxiliar o trabalho da PM podem ser realizadas pelo 190, 181, o Disque Denúncia Unificado (DDU), ou ainda pelo WhatsApp da 70ª Cia, responsável pela segurança dos bairros: (32) 99136-0788.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia