Justiça do Trabalho realiza leilão de imóveis em Juiz e Fora

Além de imóveis, serão leiloados lotes, carro, motobike, bicicletas e aparelhos de ginástica

Por Tribuna

14/11/2017 às 12h30 - Atualizada 17/11/2017 às 10h04

Entre os imóveis está uma edificação de quatro pavimentos na Rua Tiradentes, no Centro de Juiz de Fora, avaliada em R$ 9 milhões, com lance mínimo de R$ 3,6 milhões. (Foto: leiloesjudiciaismg.com.br)

A 5ª Vara da Justiça do Trabalho de Juiz de Fora realiza, no próximo dia 20, um leilão de imóveis comerciais e rurais localizados em Juiz de Fora, Matias Barbosa e Simão Pereira. Serão leiloados ainda um carro, além de motobike, bicicletas e aparelhos de ginástica. Os valores de avaliação variam de R$ 5 mil a R$ 9 milhões.  Entre os imóveis está uma edificação de quatro pavimentos na Rua Tiradentes, no Centro de Juiz de Fora, avaliada em R$ 9 milhões, com lance mínimo de R$ 3,6 milhões.

(A Tribuna havia informado anteriormente, de forma equivocada, que o imóvel avaliado em R$ 9 milhões seria o Palacete Caramuru, que está localizado na Rua Floriano Peixoto, quase esquina com a Rua Tiradentes. Porém, o Palacete, onde funciona um escritório de advocacia, não irá a leilão, e sim outro imóvel, localizado na Rua Tiradentes, 567)

Também irá a leilão um sítio de 63 hectares em Simão Pereira avaliado em R$ 1 milhão, com lance mínimo de R$ 400 mil. Há ainda uma loja em um centro comercial no Bairro Bom Pastor (avaliado em R$ 220 mil, com lance mínimo de R$ 88 mil) e uma chácara em Matias Barbosa (avaliada em R$ 200 mil, com lance mínimo de R$ 80 mil). Os bens foram penhorados em ações judiciais, e a relação completa deles está detalhada na internet.

Conforme informações do edital, serão aceitos lances a partir de 40% do valor da avaliação do bem. Segundo a Justiça do Trabalho, caso o bem alcance oferta de 60% o valor da avaliação, o lance será automaticamente aceito, e a venda será  concretizada. Já se o lance atingir o valor entre 40% e 59%, estará condicionado à liberação pelo juiz da execução. Os bens imóveis e veículos poderão ser parcelados com entrada de 25%, e o restante em até 30 vezes, observando-se algumas condições descritas no edital.

O conteúdo continua após o anúncio

Para participação e oferta de lances eletrônicos, os interessados deverão fazer cadastro prévio no site. A orientação da Justiça do Trabalho é que o cadastro e o envio da documentação necessária seja feita até 24 horas antes do leilão. Para participar do leilão presencialmente basta ir ao local munido de documentos pessoais para pessoa física e contrato social com procuração assinada para pessoa jurídica. Não é preciso cadastro prévio. O leilão vai acontecer no Serrano Residencial Hotel, que fica na Rua Santa Rita, 399, Centro, a partir de 9h.

 

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia