Adolescentes em semiliberdade fogem de instituição

Eles teriam escalado o muro da Casa de Semiliberdade Betânia, que fica no Bairro Granjas Bethânia

Por Tribuna

13/11/2017 às 09h37 - Atualizada 14/11/2017 às 19h09

Dois adolescentes, de 14 e 16 anos, fugiram da Casa de Semiliberdade Betânia, no Bairro Granjas Bethânia, na Zona Nordeste de Juiz de Fora. A fuga foi registrada pela PM por volta das 19h do último sábado (11). O diretor do local, que abriga cerca de 20 garotos em condição de liberdade parcial, não esclareceu aos policiais como ocorreu a fuga.

Nesta segunda-feira (13), a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) esclareceu que os adolescentes estavam saindo dos alojamentos para participar de uma atividade interna, acompanhados de um agente socioeducativo, quando conseguiram escapar.

Eles pularam o muro da unidade e fugiram. O agente não conseguiu alcançá-los. Ainda segundo a Sesp, forças de segurança estão empenhadas em localizá-los, e a Subsecretaria de Atendimento Socioeducativo (Suase) já está apurando o ocorrido para avaliação. A rotina da unidade segue normal.

O conteúdo continua após o anúncio

Outra fuga

Em julho deste ano, outros dois adolescentes, ambos de 17 anos, que estavam em regime de semiliberdade no Polo de Evolução de Medidas Socioeducativas (Pemse), uma ONG localizada também no Bairro Granjas Bethânia, fugiram. Eles evadiram do estabelecimento, localizado na Avenida Juiz de Fora, escalando um muro. Os funcionários só deram falta dos jovens na manhã do dia seguinte, quando faziam a contagem dos internos.

 

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia