Polícia Civil chega a sete suspeitos de roubos e furtos

Delegacia alerta para casos mais violentos, muitas vezes com vítimas agredidas nos assaltos

Por Sandra Zanella

07/12/2017 às 16h39

Foto: Sandra Zanella

Sete suspeitos de envolvimento em crimes contra o patrimônio foram apresentados pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos nesta quinta-feira (7). Dois deles já estavam no Ceresp e outros cinco foram capturados durante operação policial deflagrada na quarta. Entre os presos está um homem, 30, que teria participado de um violento assalto a residência em agosto no Bairro Guaruá, Zona Sul. Outro suspeito, 28, teria roubado funcionários e passageiros de ônibus da linha Granjas Bethânia no mesmo mês, usando marreta e arma de fogo. Ao todo, os policiais cumpriram oito mandados de busca e apreensão e sete de prisão. Três dos alvos estão foragidos, enquanto três pessoas foram detidas em flagrante. Dois adolescentes e um suposto receptador, 36, também foram conduzidos durante a investida, mas foram liberados e não chegaram a ser apresentados à imprensa.

“Percebemos que os antigos furtos, nos quais não há violência ou grave ameaça, viraram roubos, porque na maioria dos casos estão sendo empregados agressão física, arma de fogo, simulacro ou faca”, destacou o delegado Rafael Gomes, apontando possível aumento de assaltos. Os dois homens, de 26 e 38 anos, que já estavam no Ceresp por outros crimes, foram identificados em apurações de assaltos a pedestres no Centro e no Fábrica, na região Norte.

Já o suspeito do assalto no Guaruá não foi encontrado em sua casa na Vila Ideal, mas se apresentou na delegacia horas depois. Durante o crime, um morador, 50, viveu momentos de terror ao ter sua casa invadida por assaltantes na Rua Tabajaras. Um deles portava arma de fogo e anunciou o roubo. Mediante uso de força física, eles amordaçaram e algemaram a vítima. Os ladrões mantiveram o homem imobilizado e sob ameaças de morte, enquanto reviravam o imóvel em busca de objetos de valor. Eles roubaram dois televisores, de 40 e 50 polegadas, três computadores, além de documentos. “O indivíduo que se encontra preso e mais dois não identificados entraram na residência e renderam a vítima empregando muita violência. Instauramos inquérito, conseguimos apurar a participação dele, e ele foi reconhecido. O morador disse não ter condições de identificar os outros suspeitos porque estavam com os rostos cobertos”, explicou Rafael.

O conteúdo continua após o anúncio

Tráfico
Apesar de a operação ter sido desencadeada para combater crimes ao patrimônio, dois adolescentes foram apreendidos por tráfico de drogas na Vila Ideal. “Quando estávamos voltando do cumprimento de um mandado de busca e apreensão, dois infratores avistaram a viatura e tentaram fugir. Apreendemos 36 papelotes de cocaína, e eles foram entregues aos responsáveis”, disse o delegado. Ainda no decorrer da ação, três homens, de 27, 30 e 48 anos, foram presos em flagrante por furto de equipamentos industriais ocorrido no mesmo dia em uma empresa no Distrito Industrial, Zona Norte. Os materiais também foram recuperados.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia