Trabalhador morreu atingido por jato de água de alta pressão

Ele trabalhava fazendo a limpeza da tubulação de um tanque na empresa Nexa Resources (ex-Votorantim Metais)

Por Tribuna

06/12/2017 às 08h54

A Polícia Militar informou, nesta quarta-feira (6), detalhes do acidente que vitimou um trabalhador de 31 anos de uma empresa terceirizada que presta serviços para a Nexa Resources (ex-Votorantim Metais), na tarde de terça-feira. Segundo o boletim de ocorrência, Jordão Pinheiro Calandria fazia a limpeza da tubulação de um dos tanques do local utilizando uma máquina conhecida como hidrojato, composta por uma mangueira de água de alta pressão. A mangueira do equipamento teria se soltado no interior da tubulação e começou a ricochetear, vindo o jato de água a acertar o homem. Ele teve lesões na altura do pescoço e na região do dorso do tórax. Quando os policiais militares chegaram à empresa, localizada no Bairro Igrejinha, Zona Norte de Juiz de Fora, o trabalhador já estava sem vida.

De acordo com a assessoria do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram deslocadas duas viaturas. Inicialmente uma de atendimento básico e, logo depois, uma de suporte avançado. O óbito de Jordão Pinheiro Calandria foi constatado ainda no local. A perícia foi acionada para realizar os trabalhos de praxe. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

O conteúdo continua após o anúncio

Em nota, a empresa lamentou o ocorrido e informou que o homem fazia parte do quadro de funcionários da terceirizada SF Serviços Industriais Ltda, que presta serviços à Nexa Resources, e afirmou que “está prestando toda a assistência necessária a seus familiares e colaborando com a apuração das causas junto aos órgãos competentes”, diz o texto. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Juiz de Fora, João César da Silva, esteve no local do acidente para acompanhar os trâmites.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia