Furacão Irma é reduzido para categoria 3, mas deve ganhar força

Veja depoimento de brasileiro que deixava a Flórida rumo à Carolina do Sul

Por Tribuna

09/09/2017 às 15:20hs - Atualizada 09/09/2017 às 15:25hs

Da Agência Estado

O furacão Irma foi reduzido para categoria 3 na manhã deste sábado (9), com ventos de aproximadamente 200 km/h, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês). No entanto, o NHC estima que o furacão deve ganhar força novamente ao se dirigir para o Sul do estado da Flórida. O furacão deve atingir a região de ilhas Florida Keys no domingo pela manhã e o Sudoeste à tarde, principalmente a região de Tampa.

De acordo com autoridades de gestão de emergências da Flórida, pelo menos 51 mil moradores estão divididos em aproximadamente 300 abrigos. A maioria dos que estão em abrigos estão no Sudeste da Flórida, que inicialmente parecia ser o alvo principal da tempestade antes que a previsão mudasse para o Oeste.

Mais de 15 mil pessoas estão alojadas em Palm Beach County, enquanto Broward County tem cerca de 13 mil pessoas alojadas. A ameaça do furacão Irma levou as autoridades estaduais e locais a pedirem que 5,6 milhões de residentes deixassem suas casas na Flórida. Entre eles estava o brasileiro Rui Marlière, que vive em Miami e se deslocou, como milhares de pessoas, para a Carolina do Sul. Abaixo, veja um depoimento dele no momento em que deixava o estado:

O conteúdo continua após o anúncio

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia