Cirurgia 3D, porque inovar está no DNA do Hospital Albert Sabin

PUBLIEDITORIAL

Hospital Albert Sabin realizou, nos dias 28 e 29 de julho, as primeiras cirurgias oncológicas 3D da Zona da Mata

Por Tribuna

10/08/2017 às 09:44hs - Atualizada 10/08/2017 às 09:44hs

Hospital Albert Sabin realizou, nos dias 28 e 29 de julho, as primeiras cirurgias oncológicas 3D da Zona da Mata.

Buscando sempre a excelência e novos métodos tecnológicos, o Hospital Albert Sabin realizou, nos dias 28 e 29 de julho, as primeiras cirurgias oncológicas 3D da Zona da Mata. Sob coordenação do cirurgião oncológico Roberto Heleno Lopes, da equipe Surgery Cirurgia Avançada, as cirurgias de tumor de ovário e endometriose foram realizadas com sucesso.

A câmera 3D oferece precisão ao cirurgião, consequentemente mais segurança ao paciente, pois permite uma visão aumentada do local. A imagem tridimensional é visualizada por toda a equipe por meio de óculos especiais. Comparada com imagens 2D, as 3D apresentam qualidade superior e são extremamente realistas, permitindo um controle mais preciso das ferramentas cirúrgicas e reduzindo o tempo de operação. O recurso 3D pode ser utilizado em todas as cirurgias videolaparoscópicas.

 

Mais eficácia

As técnicas de cirurgias minimamente invasivas são eficazes para uma rápida recuperação do paciente, redução do risco de infecção e menor permanência no hospital.

O Sabin trabalha com uma estrutura tecnológica completa e parcerias para agilizar a realização de exames, facilitando o diagnóstico, assegurando rápido tratamento e recuperação ao paciente. Desta forma, é possível adiantar tais processos ainda dentro do Hospital.
É por isso que, desde 1992, estamos mudando a saúde em Juiz de Fora e região. Estrutura, tecnologia e inovação são fundamentais, mas o que faz a diferença são as pessoas.

 

 

Desenvolvido por Grupo Emedia