Como aproveitar o vão das escadas

Arquiteta sugere estantes, bancada de trabalho, lareira e até jardim entre as alternativas

Por Bárbara Riolino

09/09/2017 às 06:00hs - Atualizada 08/09/2017 às 11:43hs

As escadas não servem apenas para interligar pavimentos. O elemento tão primordial para as construções antigas e modernas ganhou conotação decorativa, sem deixar de lado sua funcionalidade e portando-se, na maioria dos casos, como atração principal de um ambiente. Para dar charme àquele vão vazio, não falta criatividade para adaptar armários, estantes, lareiras e até jardins.

“A tendência é investir em escadas mais abertas, leves e com design diferenciado daquelas de antigamente, que eram mais fechadas. A escada acaba virando um ponto central, o destaque da sala. Até mesmo em reforma de casas e apartamentos, é possível realizar inúmeras adaptações”, observa a arquiteta urbanista Raquel Fraga.

A arquiteta Raquel Fraga sugere instalar um espaço de lareira no vão da escada que interliga a sala aos cômodos íntimos. (Foto: Leonardo Costa)

Segundo a profissional, escadas mais leves são mais fáceis de serem integradas aos ambientes, sobretudo modelos em que a estrutura é feita em ferro, os degraus em madeira e os corrimões em vidro. “Embaixo delas, é possível construir uma lareira, por exemplo. Para compor o espaço, pode-se lançar mão de um tapete e móveis para dar a sensação de aconchego. Fica discreto, mas ao mesmo tempo, chama a atenção.”

Não pense que as escadas em alvenaria, ou até mesmo de concreto, não têm solução. Para a arquiteta, tudo é possível, e há várias alternativas para transformar o espaço embaixo dos degraus. Para isso, é preciso investir em marcenaria. “Pode-se criar uma adega, uma estante para livros, uma bancada de estudo ou home office e até um cômodo fechado, com portas, que serve tanto para armário quanto para dispensa”, sugere Raquel.

Vão que vira jardim

Pode existir vida embaixo dos vãos deixados pelas escadas. Uma boa opção é adaptar jardins nestes espaços. Entretanto, segundo Raquel, a única preocupação é com a entrada de luz no ambiente. “Até existem espécies que se desenvolvem em áreas mais escuras, porém a manutenção é mais difícil. Por isso, deve-se deixar entrar claridade na casa.”

O conteúdo continua após o anúncio
Para dar vida embaixo da escada, a ideia de Raquel é misturar vasos e espécies de plantas (Foto: Felipe Couri)

A arquiteta ressalta que o jardim, não necessariamente, precisa ser plantado, mas construído por meio do uso de caixas e vasos com terra e outros materiais de jardinagem. “O importante é delimitar o espaço, colocando argila expandida, pedrisco e troncos, ou até mesmo uma soleira de granito. Isto torna a manutenção mais fácil e evita ter que impermeabilizar a área.”

Não é só em áreas nobres da casa que as escadas ganham atenção. Segundo a personal organizer Renata Haddad, a adaptação desses espaços ocorre de acordo com a necessidade de cada pessoa. Em cozinhas, por exemplo, pode-se planejar um armário ou até incluir um frigobar e outros eletrodomésticos. “Em quartos infantis, é possível criar uma brinquedoteca, fazer uma cabana e utilizar pufes. Em quartos de adultos, podem ser feitos um pequeno escritório, um roupeiro, maleiro e até uma bela penteadeira. Para organizar o espaço, vale usar madeira, caixotes mais rústicos, prateleiras de vidro, cestos e aramados. Existe uma infinidade de materiais resistentes, bonitos, práticos e de fácil manutenção”, ressalta.

Aproveitamento da escada

Que tal dar atenção ao que fica por cima dos degraus? Adornar a parede de apoio das escadas também é uma solução criativa e única. “Pode-se criar um painel com quadros, fotos, lembranças, coleções e demais objetos que tenham significado para o morador”, sugere Raquel.

Gosta de vinhos? O vão da escada pode se transformar em uma adega neste projeto também de Raquel. (Foto: Leonardo Costa)

As escadas também são alternativas para otimizar o espaço, especialmente em residências com mais de dois andares. A arquiteta ressalta que em casas onde a garagem fica no andar de baixo, a sala no andar do meio e os quartos no último andar, é comum o acesso pelas escadas a todos esses ambientes acontecer em um mesmo vão.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia