Renault lança versão mais econômica do Stepway

Por Tribuna

09/09/2017 às 07h00

Por Augusto Paladino

Economia rasa

A Renault lançou uma nova configuração para o Sandero Stepway. Assim como acontece no hatch sem o visual aventureiro com motorização 1.6, há agora a versão Stepway Expression, que parte dos R$ 57.240 – a versão Stepway original sai a R$ 61.190. Visualmente, ambas são iguais, exceto pelo desenho das rodas de liga leve, que têm 16 polegadas sempre. No interior, o volante deixa de ser de couro e os bancos são mais simples e sempre em tecido. Fica de fora ainda o piloto automático com limitador de velocidade. O ar-condicionado é manual e o sistema de áudio tem apenas entrada USB e Bluetooth. O banco traseiro também muda e deixa de ser bipartido.

Ano novo

A linha 2018 da Honda PCX trouxe poucas novidades. Agora há duas novas opções de cores: azul perolizado e prata fosco, para a versão STD, que custa R$ 10.300. Já na versão DLX, que parte de R$ 10.800, segue a combinação do tom marrom perolizado com revestimentos mais claros nos plásticos e banco. Os preços não foram alterados, o que facilitará o scooter na disputa com concorrentes como a Yamaha NMax. O motor é o mesmo monocilíndrico de 149,3 cm³, com 13,1 cv a 8.500 rpm e 1,36 kgfm a 5 mil giros, com câmbio CVT.

Folhinha virada

O Cruze Sport6 chegou à linha 2018 com itens a mais: o ajuste de altura dos faróis e o repetidor de seta nos retrovisores externos passam a ser de série. Outra novidade é a localização da produção do motor do modelo no mesmo complexo industrial da Chevrolet onde o carro é produzido, em Rosário, na Argentina.

Lado negro

O conteúdo continua após o anúncio

A Ford anunciou o lançamento de uma edição especial da Ranger na Europa, a Black Edition, que estreia no Salão de Frankfurt, a partir do próximo dia 16. Com produção limitada a 2.500 unidades, a picape tem visual todo em preto, inclusive no acabamento da grade do radiador, rodas, santantônio e outros detalhes. A variante é derivada da topo Limited, com cabine dupla. Entre outros equipamentos, vem com sistema de navegação por satélite, central multimídia SYNC 3 com tela sensível ao toque de 8 polegadas, câmara de ré, ar-condicionado automático digital de duas zonas, bancos de couro e retrovisores com rebatimento elétrico e aquecidos.

Pesadelo sem fim

O mercado de duas rodas segue em queda no Brasil. Em agosto, foram vendidas 73.357 unidades, contra 80.362 no mesmo mês do ano passado. Esses números representam uma retração de 4,98%. No acumulado do ano a situação é bem pior. São 18,77% de queda, com 573.978 motocicletas emplacadas em 2017 contra as 706.597 registradas nos oito primeiros meses de 2016.

Tempo indeterminado

A Hyundai suspendeu temporariamente as vendas da versão Attitude 1.6 automática do Creta, disponível para clientes PCD. Como a procura pelo modelo tem subido consideravelmente – foram 4.379 emplacamentos no mês passado, apenas 197 a menos que o SUV mais vendido de agosto, o Jeep Renegade -, a medida foi necessária para regularizar a fila de espera do carro nessa configuração específica, que por estar abaixo dos R$ 70 mil era adquirida com isenção total de IPI e ICMS – saía por menos de R$ 55 mil para os beneficiados pela legislação.

Longe da crise

A Porsche Brasil comemora seus melhores oito primeiros meses de vendas da história da marca no país. A fabricante de carros premium alemã comercializou 755 veículos, um crescimento de 20,2% em comparação com o mesmo período de 2016. Os modelos Macan, Cayenne e 911 foram destaque nas vendas: somados, correspondem a mais de 80% do total. Outro modelo que se destacou foi o Panamera, que teve sua nova geração lançada no Brasil no final de 2016 e cresceu 414%.

Chamado indesejável

A Chevrolet convoca os proprietários de mais de 164 mil unidades da minivan Spin, de linha 2013 a 2018, produzidas entre 14 de outubro de 2011 e 22 de agosto de 2017, para um recall. O motivo é um possível defeito na vedação da grade de entrada de ar abaixo do para-brisa que pode ocasionar entrada de água no compartimento do motor. Em volumes extremos e no caso de atingir o interior da caixa de fusíveis e relés, há risco de curto-circuito e até de incêndio.

Força extra

A preparadora alemã AC Schnitzer está atuando no Brasil, por intermédio da empresa Strasse. Já há seis modelos disponíveis: cinco da BMW e um da MINI. Mas todos os automóveis a gasolina vendidos na Europa estarão incluídos na oferta, além de algumas versões a diesel. Com isso, serão 25 opções da BMW e duas da Mini. As peças têm dois anos de garantia. O BMW 320 ACS, com 245 cv, sai do zero e chega aos 100km/h quase 1 segundo mais rápido que o modelo original, passando de 7,3 para 6,5 segundos.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia