Ford apresenta a nova Ranger Sportrac

Por Tribuna

02/09/2017 às 07h00 - Atualizada 30/08/2017 às 17h30

Por Augusto Paladino

Série especial

A Ford levou para a Expointer – uma das principais feiras agropecuárias do Brasil, realizada na cidade gaúcha de Esteio – a nova Ranger Sportrac, versão esportiva da picape que chega com a linha 2018. A série especial tem cabine dupla, acessórios de estilo esportivo e foi desenvolvida a partir da versão 2.2 Diesel XLS 4X4 automática. O preço é de R$ 159.990.

Elétrico evoluído

 

Prestes a ser mostrado em Frankfurt, a partir de 14 de setembro, o novo BMW i3 teve boa parte de suas informações e visual revelados. O motor elétrico foi atualizado e ganhou 14 cv e 2 kgfm a mais de potência e torque na versão S, agora com 184 cv e 27,4 kgfm. A suspensão também passou por melhorias e tira cerca de 5 cm de altura da configuração. Por fora, novo para-choque dianteiro com luzes de neblina mais fortes se destaca. O sistema para alimentação externa também evoluiu e deixa o conjunto de baterias totalmente carregado em apenas três horas.

Para chinês ver

 

 

A Chevrolet anunciou, na China, uma versão do Equinox com apelo esportivo. Denominada RS, ela traz detalhes exclusivos e visual inteiramente preto. Mas a agressividade é apenas estética: motor, transmissão e suspensão são os mesmos. Trata-se de um 2.0 turbo de 262 cv e câmbio automático de nove marchas, mesmo trem de força que chegará em breve ao Brasil.

De grão em grão

Em tempos de crise, a Mercedes-Benz do Brasil comemora a venda para a Transgrãos, de Patos de Minas, em Minas Gerais, de 105 unidades do caminhão Axor 2536 6X2. Os novos cavalos mecânicos serão utilizados no transporte de milho em espiga. Com isso, a Transgrãos passa a contar com cerca de 280 caminhões da marca na frota, o que representa 75% do seu total de veículos.

O conteúdo continua após o anúncio

Troca-troca

 

O Conselho Administrativo da Audi AG inicia setembro com mudanças. A área de Finanças, TI e Integridade passará a ser responsabilidade de Alexander Seitz, e a área de Marketing e Vendas será comandada por Bram Schot. Wendelin Göbel será responsável por Recursos Humanos e Organização, enquanto Peter Kössler assumirá o setor de Produção e Logística.

Para fora

 

As exportações nacionais de autopeças totalizaram US$ 4,05 bilhões, cerca de R$ 12,4 bilhões, entre janeiro e julho de 2017. Isso significa um crescimento de 7,5% em relação ao mesmo período de 2016. Entre os principais destinos das peças brasileiras estão a Argentina, no topo da lista, com 30,7% do total, seguida dos Estados Unidos e México, com 16,7% e 9 %, respectivamente.

União de forças

Os grupos Volkswagen e FCA podem anunciar, em breve, uma parceria para produzir utilitários leves. As conversas já acontecem e há uma expectativa de que, a partir deste acordo, comece a surgir uma nova geração para a picape Amarok. A movimentação é semelhante à que ocorreu entre a Mercedes-Benz e o grupo Renault-Nissan, que resultou na picape de luxo Classe X, construída sobre a plataforma da Nissan Frontier.

De grande porte

 

A Tesla se prepara para revelar, ainda no mês de setembro, um caminhão elétrico capaz de rodar, com apenas uma carga completa, cerca de 500 quilômetros de distância. A intenção é competir com modelos tradicionais a diesel, tomando como vantagem a eficiência energética e a autonomia para longos trajetos.

Aporte financeiro

A Chevrolet vai investir R$ 4,5 bilhões nas unidades de São Caetano do Sul, em São Paulo, Joinville, em Santa Catarina, e Gravataí, no Rio Grande do Sul. O montante é parte do plano de aportar R$ 13 bilhões às operações no país entre 2014 e 2020. Além do investimento de R$ 1,4 bilhão, recentemente anunciado no Complexo Industrial de Gravataí, a marca vai aportar R$ 1,2 bilhão em São Caetano do Sul e R$ 1,9 bilhão na fábrica de Joinville, onde são produzidos motores e cabeçotes.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia