10 pousadas em Minas Gerais que valem por toda a viagem

Por Viajei Bonito

30/10/2017 às 15h04 - Atualizada 30/10/2017 às 15h04

Minas Gerais é conhecida pela sua receptividade e também pela gama enorme de opções para quem curte o turismo fora dos grandes centros urbanos. Tão bom quanto aproveitar um feriado ou até mesmo as férias inteiras fora dos locais mais explorados turisticamente é poder encontrar em meio à natureza pousadas onde o aconchego parece ter sido levado muito a sério durante suas concepções. Apaixonados que somos por conhecer lugares assim, fizemos uma lista com dez pousadas em Minas Gerais que você precisa visitar um dia na vida.

Que tal aproveitar o próximo feriado? As opções estão abaixo!

1. Pousada dos Querubins – Andrelândia

Pousada dos Querubins em Andrelândia
Pousada dos Querubins em Andrelândia. Créditos: Gisele Rocha

A Pousada dos Querubins, em Andrelândia, lidera a nossa lista de hospedagens favoritas em Minas e isso não é segredo para ninguém, haja vista o número de vezes que foi mencionada em posts do Viajei Bonito.

É o tipo de lugar que vale a pena visitar em qualquer época do ano. No verão, o hóspede pode se refrescar com banhos de piscina ou de cachoeira, caso esteja disposto a caminhar durante 25 minutos em uma pequena trilha que leva ao vilarejo vizinho.

Já no inverno, os visitantes se aquecem em frente às lareiras dos chalés, enquanto tomam caldos e sopas preparados na cozinha da pousada. As refeições estão incluídas no valor da diária e você não vai querer perder nenhuma delas. Peça para experimentar o lambari de horta, uma iguaria muito apreciada na região.

O espaço conta ainda com salão de jogos, sauna, espreguiçadeiras, uma capelinha de palha, horta e açude. Todos os chalés apresentam uma encantadora vista para o jardim.

Se sobrar tempo, peça para fazer um passeio pelo alambique, para ver como são produzidas a cachaça e a rapadura vendidas na cidade. (Leia mais sobre Andrelândia).

2. Hotel Fazenda Santa Marina – Santana dos Montes

Hotel Fazenda Santa Marina, em Santana dos Montes
Hotel Fazenda Santa Marina, em Santana dos Montes. Créditos: Divulgação

Santana dos Montes é uma cidade que parou no tempo, no melhor sentido da expressão. Ali encontram-se preservadas várias fazendas que assistiram ao auge e à decadência do clico do ouro, mas permaneceram intactas, assumindo outras funções que se adaptam às demandas deste século.

Uma delas é a Fazenda Santa Marina, que hoje funciona como um requintado hotel cercado por natureza preservada. São os próprios donos da fazenda quem recebem os hóspedes. Sr. Gabriel e suas duas amáveis filhas mostram que os mineiros são receptivos por natureza e adoram uma boa prosa.

Dentro da propriedade há um lago e uma cachoeira, que compõem o cenário mais bonito e propício à prática de atividades relaxantes como yoga, meditação e massagem. Para os aventureiros, o hotel organiza atividades ao ar livre como: trilhas, canoagem, ciclismo e equitação.

Todos os quartos possuem banheiro privativo com ducha e secador de cabelo, além de vistas deslumbrantes, seja para as montanhas, para o jardim ou para o lago. As camas são espaçosas e macias, proporcionando uma excelente noite de sono.

O valor da diária inclui café da manhã, almoço, café da tarde e jantar, preparados com ingredientes produzidos na fazenda sem agrotóxicos. O seu corpo agradece. (Leia mais sobre Santana dos Montes).

3. Pousada do Lago – Guapé

Pousada do Lago, em Guapé, Sul de Minas Gerais
Pousada do Lago, em Guapé, Sul de Minas Gerais. Créditos: Divulgação

Capitólio se transformou no principal destino turístico do sul de Minas Gerais devido a sua beleza natural. No entanto, poucos se permitem explorar os arredores e assim acabam deixando de conhecer outros verdadeiros tesouros escondidos por trás das montanhas.

Guapé entra nessa lista. Seu principal atrativo é o Parque Ecológico do Paredão, que abriga três cachoeiras e algumas piscinas naturais. Dentro da cidade, encontram-se ainda mais dezenas de quedas d’águas, estando entre as mais acessíveis a Cachoeira do Inferno, Cachoeira do Paredão, Cachoeira do Garimpo, Cachoeira do Macuco, Cachoeira Volta Grande, Cachoeira do Capão Quente, Cachoeira da Água Limpa, Cachoeira do Moinho e Cachoeira do Lobo.

Para coroar a estadia nesse reduto de paz, nada melhor que se hospedar em um lugar igualmente tranquilo e bonito, como a Pousada do Lago. Tem piscina ao ar livre, sauna, quadra de futebol, parquinho e salão de jogos. Excelente pedida para quem quer se desligar e ficar à toa.

4. Santuário do Caraça – Catas Altas

Santuário do Caraça, Catas Altas, Minas Gerais
Santuário do Caraça, Catas Altas, Minas Gerais. Créditos: Gisele Rocha

Descobrir o Santuário do Caraça foi uma das melhores surpresas de 2017. Estivemos lá durante um passeio que incluiu, além do templo, vários pontos turísticos de Catas Altas.

O Santuário do Caraça está situado em um lugar privilegiado, aos pés da Serra do Espinhaço, em meio à mata nativa, com cachoeiras, lagos e grutas cujos acessos são feitos por trilhas.

A construção deste espaço data do século XVIII e foi planejada por um português que veio foragido para o Brasil. Muitos mistérios envolvem a identidade desse homem que ficou conhecido como Irmão Lourenço, mas não vamos nos ater a isso neste texto. Temos um artigo completo sobre a história e os enigmas do Santuário do Caraça e por isso vamos nos limitar a escrever sobre a pousada, cuidada pelos padres que ali moram.

Só quem se hospeda no Caraça tem o privilégio de receber a visita dos lobos-guarás durante o jantar (que está embutido no valor da diária). Desde a década de 1980 eles são alimentados pelo Padre Lauro com restos de carne. Se for na época de acasalamento, aparece a família completa, com o lobo, a loba e às vezes filhotinhos. Com um pouco mais de sorte é possível ver ainda outros animais silvestres, como cachorro-do-mato, anta e jaritataca. (Leia mais sobre Catas Altas).

5. Pousada de Selva Mato Limpo – Rio Preto

Pousada de Selva Mato Limpo em Rio Preto
Pousada de Selva Mato Limpo em Rio Preto. Créditos: Divulgação

Rio Preto foi outra descoberta interessante que fizemos em 2017. Estivemos ali pela primeira vez no feriado da Independência e já voltamos três vezes desde então. O que nos atrai é a quantidade de cachoeiras e belezas naturais da Serra do Funil, um paraíso imperdível para os amantes do ecoturismo.

Ficando hospedado na Pousada de Selva Mato Limpo você terá acesso privilegiado a algumas cachoeiras, mas não é só isso. Dentro da propriedade são organizadas atividades em meio à natureza, que vão desde caminhadas ecológicas, observação de pássaros, passeios de jipe, rapel, tirolesa, parede de escalada e até escalada invertida. Consulte os preços na recepção quando chegar.

Sem custos adicionais, o hóspede pode desfrutar de piscina semi-olímpica, piscina aquecida com hidromassagem, sauna e academia de ginástica completa. As refeições também estão inclusas no valor da diária.

O conteúdo continua após o anúncio

6. Thermas Resort Walter World – Poços de Caldas

Detalhe de uma das piscinas do Thermas Resort Walter World, em Poços de Caldas
Detalhe de uma das piscinas do Thermas Resort Walter World, em Poços de Caldas. Créditos: Divulgação

Poços de Caldas ficou conhecida nacionalmente pelo poder medicinal de suas águas sulfurosas, utilizadas em diversas terapias. Mas isso fica em segundo plano quando se está hospedado no Thermas Resort Walter World, um all inclusive super concorrido, cujas vagas se esgotam em um piscar de olhos.

Não é para menos. Esse hotel é o paraíso de crianças e adultos, com piscinas de diversos tamanhos, cobertas e ao ar livre, com cascatas e tobogãs. Os pequenos vão à loucura com o parque temático, equipado com cinema 3D, roda gigante, trenzinho, carrossel, montanha russa, trem suspenso e brinquedos infláveis. Tem até castelo!

Para os adultos, as opções de lazer também são muito diversificadas. Além das piscinas, o hotel é open bar, tem churrasqueiras, um pequeno museu de carros e máquinas agrícolas, quadras poliesportivas, salão de jogos com sinuca e totó, além de jacuzzi e academia de ginástica para quem não abre mão de cultivar a boa forma nem nos dias de folga.

Os quartos são grandes, arejados, providos de frigobar, closet, cofre, secador de cabelo e kits de banho gratuitos. Não vai faltar nada para que a sua estadia seja simplesmente inesquecível!

7. Mira Serra Parque Hotel – Passa Quatro

Mira Serra Parque Hotel em Passa Quatro
Mira Serra Parque Hotel em Passa Quatro. Créditos: Divulgação

Passa Quatro é uma pacata cidade do Sul de Minas, embelezada por casarões do século XIX. O passeio do Trem da Serra da Mantiqueira faz a alegria de crianças e adultos saudosistas, sendo um dos poucos exemplares de Maria Fumaça que ainda funcionam em Minas Gerais.

Na cidade é possível encontrar muitas pousadas aconchegantes e nós destacamos entre elas o Mira Serra Parque Hotel, que mesmo estando no interior de Minas, envolto por montanhas, nos transmite aquela sensação boa de praia. Talvez pelos coqueiros colocados em volta das piscinas.

Se chover, não tem problema. Há uma piscina coberta disponível o ano inteiro. Os salão de jogos também garantem a diversão, faça chuva ou faça sol.

8. Maquiné Park Hotel – Caetanópolis

Maquiné Park Hotel, em Caetanópolis, terra natal da cantora Clara Nunes
Maquiné Park Hotel, em Caetanópolis, terra natal da cantora Clara Nunes. Créditos: Divulgação

Você provavelmente nunca ouviu sobre Caetanópolis, uma cidadezinha de 10 mil habitantes no interior de Minas, mas com certeza já conhece, ainda que só por fotos, a Gruta de Maquiné.

A menos de 30 km dessa magnífica construção da natureza encontra-se o Maquiné Park Hotel, que por si só é uma atração à parte. O espaço oferece opções de lazer para todas as idades, incluindo playground para as crianças, parque aquático com piscina aquecida, cascata e tobogã, além de quadra poliesportiva e salão de jogos com sinuca, totó e tênis de mesa. Para quem tiver disposição, o hotel também realiza trilhas nos arredores da propriedade a fim de oferecer aos hóspedes um contanto mais intenso com a natureza.

Todos os quartos do Maquiné Park Hotel são providos ar-condicionado, frigobar, TV a cabo, mesinha de trabalho e banheiro privativo com perfumados produtos de banho oferecidos como cortesia.

As refeições estão incluídas no valor da diária. O café da manhã é bastante diversificado, com inúmeras opções de bolos, pães, biscoitos, frutas e frios. No almoço e no jantar o hóspede poderá se deliciar com pratos típicos da culinária mineira, pra fechar o passeio com chave de ouro.

9. Fazenda Monjolos – Serra do Cipó

Fazenda Monjolos, na Serra do Cipó
Fazenda Monjolos, na Serra do Cipó. Créditos: Divulgação

Roberto Burle Marx, renomado paisagista brasileiro, disse certa vez que a Serra do Cipó é o “Jardim do Brasil”. Uma metáfora muito apropriada para se referir a um destino de natureza exuberante, repleto de rios, cachoeiras, piscinas naturais, cânions, cavernas e sítios arqueológicos com pinturas rupestres.

Mesmo quem opta por não fazer trilhas pode desfrutar de momentos especiais em meio à natureza, em um ambiente tranquilo e charmoso. A Fazenda Monjolos mantém intocada a vegetação nativa, tem um belo jardim e uma cachoeira deliciosa.

Tem pisicina ao ar livre, sauna, bar, quadras de tênis e de vôlei, além de salão de jogos. Os quartos são equipados com TV e camas muito confortáveis. Vai ser difícil ir embora.

10. Solar Maria Carolina – Mário Campos

Solar Maria Carolina, em Mário Campos, Minas Gerais
Solar Maria Carolina, em Mário Campos, Minas Gerais. Créditos: Divulgação

Descobrimos o Salar Maria Carolina a menos de 20 km de distância do Inhotim, um lugar tranquilo e silencioso, muito bem cuidado pelos proprietários. São sete chalés charmosos e aconchegantes, equipados com televisão, frigobar e ar condicionado.

A proposta de turismo sustentável se aplica às instalações da pousada, onde foram colocadas placas solares que garantem um banho quentinho. Além disso, todas as refeições são preparadas com ingredientes orgânicos, cultivados na própria fazenda. Até mesmo os pães e bolos são preparados por um dos donos, um chef holandês.

O Salar Maria Carolina é o lugar perfeito para fugir da correria das grandes cidades e assistir ao tempo passar, mas sem ficar entediado. A pousada oferece a seus hóspedes piscina, sauna, sala de ginástica, campo de futebol e parquinho.

As crianças poderão aprender como é a vida no campo ajudando na retirada dos ovos e na alimentação dos animais da fazenda. É ou não é uma boa opção para feriados e férias escolares? (Leia mais sobre o Inhotim).

 

Minas Gerais possui outras muitas pousadas que valem por toda a viagem. Você conhece alguma que não esteja na lista? Escreva aqui nos comentários.

Boa viagem!

Viajei Bonito

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia