7 cidades para conhecer em um bate e volta partindo de Juiz de Fora

Por Viajei Bonito

29/09/2017 às 14h37 - Atualizada 29/09/2017 às 17h53

A vontade de viajar é grande, mas o tempo é curto e o orçamento restrito. Sorte a nossa é que moramos em uma região repleta de destinos encantadores, abençoados pela natureza e ricos em patrimônios históricos e culturais.

Um dia é suficiente para conhecer – ainda que superficialmente – todos esses lugares. Convide os amigos, abasteça o carro e coloque o pé na estrada. Apresentamos a vocês 7 cidades para conhecer em um bate e volta partindo de Juiz de Fora.

1. São José das Três Ilhas

Igreja de Pedra em São José das Três Ilhas, Minas Gerais
Igreja de Pedra em São José das Três Ilhas, Minas Gerais. Créditos: Viajei Bonito

Pequeno distrito de Belmiro Braga, São José das Três Ilhas representa Minas Gerais em sua essência, sendo um lugar tranquilo e simples, habitado por pessoas agradáveis, de conversa fácil. Ali o acesso à internet é restrito, o que favorece o antigo (e saudável) hábito que os moradores mantém de ficar na porta de suas casas papeando sobre a vida. No vilarejo todo mundo se conhece, afinal, a população atual é de menos que 250 habitantes.

São José das Três Ilhas serviu de cenário para o filme Menino Maluquinho 2 e quem assistiu ao longa vai reconhecer a bela Matriz de pedra, construída no século 19. Os casarões da cidade datam da mesma época e estão em perfeito estado de conservação.

Dedique um tempo para visitar também algumas fazendas da região. Uma ótima pedida para quem quer se desligar do mundo e viver um dia como se tivesse voltado no tempo.

Distância de Juiz de Fora: 52 km
Tempo de deslocamento: 1h30

2. Lima Duarte

Lima Duarte oferece banhos refrescantes em cachoeiras
Lima Duarte oferece banhos em cachoeiras refrescantes. Créditos: bolapiercing / Fonte: Flickr

Lima Duarte é um destino turístico indicado para aqueles que querem estar em contato com a natureza. O Parque Estadual do Ibitipoca possui incontáveis cachoeiras exuberantes, grutas e trilhas. É a menina dos olhos de todos os aventureiros da região.

Há também outras cachoeiras fora do parque, como a Cachoeira do Sossego, Cachoeira do Arco-Íris e Cachoeira da Garganta.

Assim como as demais cidades, Lima Duarte também respira história. Faça um passeio até a Estação Ferroviária, construção dos tempos em que o Brasil ainda era uma colônia de Portugal, no ápice da extração de ouro em Minas Gerais.

Distância de Juiz de Fora: 65 km
Tempo de deslocamento: 1h10

3. Rio Preto

Gruta do Funil em Rio Preto, Minas Gerais
Gruta do Funil em Rio Preto, Minas Gerais. Créditos: Viajei Bonito

A charmosa cidade de Rio Preto fica na fronteira entre Minas e Rio de Janeiro, surpreendendo turistas do país inteiro por suas belezas naturais e arquitetônicas. A imponente Igreja Nosso Senhor dos Passos pode ser vista de longe, graças às cúpulas metálicas que refletem os raios de sol.

A cidade abrange a Serra do Funil, um prato cheio para quem busca trilhas e cachoeiras em meio à mata. Entre as principais estão a Cachoeira da Água Vermelha, Cachoeira da Água Amarela, Cachoeira da Amorosa e Cachoeira do Coelho. Não saia de lá sem antes visitar a Gruta do Funil, onde foi construída uma igreja diferente de todas as outras que se encontram na região.

Distância de Juiz de Fora: 83 km
Tempo de deslocamento: 1h30

4. Santa Rita de Jacutinga

Fazenda Santa Clara, em Santa Rita de Jacutinga, Minas Gerais
Fazenda Santa Clara, em Santa Rita de Jacutinga, Minas Gerais. Créditos: Viajei Bonito

Dona de um extenso patrimônio histórico remanescente do Ciclo do Café, Santa Rita de Jacutinga zela pelos seus tesouros, sejam eles arquitetônicos ou naturais. A começar pela Fazenda Santa Clara, um exemplar de 6 mil m², com 365 janelas, 52 quartos, 12 salões, capela e masmorra. Para conhecer a fundo sua história, é válido fazer o passeio guiado, que custa atualmente R$15.

Santa Rita de Jacutinga também é conhecida como “a Cidade das Cachoeiras”, são 72 ao todo, algumas de fácil acesso, outras nem tanto. Destacamos o Cânion do Boqueirão, a Cachoeira do Pacau, Cachoeira do João Bento e Cachoeira do Escorrega, a mais divertida.

Aos que desejam uma dose extra de adrenalina, saiba que algumas agências promovem atividades aquáticas, como canoagem, boia cross, rafting e até rapel nas cachoeiras. É o destino perfeito para os que buscam conhecimento, tranquilidade, natureza e aventura em um só lugar.

No caminho entre Rio Preto e Santa Rita de Jacutinga existe uma cidade fantasma cheia de mistérios. Vale a pena parar e conhecer. Clicando no link você pode ver algumas fotos e baixar o mapa para se localizar.

O conteúdo continua após o anúncio

Distância de Juiz de Fora: 122 km
Tempo de deslocamento: 2h10

5. Santos Dumont

Museu de Cabangu, em Santos Dumont, Minas Gerais
Museu de Cabangu, em Santos Dumont, Minas Gerais. Créditos: Antônio Magno Lima Espeschit / Fonte: Wikimedia Commons

A terra natal do pai da aviação dispensa apresentações. A Fazenda Cabangu, onde nasceu Alberto Santos Dumont, hoje abriga um museu com acervo preciosíssimo, recheado de fotografias, ilustrações, cartas e outros objetos pessoais dessa ilustre figura mineira.

Além de Cabangu, Santos Dumont reserva outros dois museus: o Museu Ferroviário, no qual vagões foram transformados em restaurantes, e o Museu Marechal Manuel Luiz Osório, que expõe objetos e documentos raros sobre as Forças Armadas do Brasil.

A cidade também é marcada por construções centenárias que sobrevivem ao tempo e são mantidas em excelente estado de conservação. A mais antiga delas é a Caixa d’água de Recenvindo, utilizada no século 19 para abastecer os reservatórios dos trens a vapor.

O Pontilhão dos 3 Arcos, conhecido também como “Três Bocas”, é obra de Henrique Dumont, pai de Santos Dumont e pode ser visto a caminho do distrito de Mantiqueira. Veja também os prédios da Prefeitura e da Câmara Municipal, que são magníficos.

Distância de Juiz de Fora: 50 km
Tempo de deslocamento: 1 hora

6. Santana do Deserto

Igreja Matriz de Santana do Deserto, Minas Gerais
Igreja Matriz de Santana do Deserto, Minas Gerais. Créditos: Iracema Martins

Na Zona da Mata, bem na fronteira entre Minas Gerais e Rio de Janeiro, esconde-se a pequena cidade de Santana do Deserto, que preserva fazendas centenárias, herança dos barões do café.

Não deixe de visitar a Igreja Matriz, que junto ao Paço Municipal forma um belíssimo conjunto arquitetônico em estilo neoclássico. Todo mês de julho, a paróquia comemora o dia de Sant’Ana com uma grande festa. Marque na sua agenda para o próximo ano.

Nos dias quentes, nada melhor que se refrescar em uma das cachoeiras margeiam a cidade. Para os adeptos dos esportes radicais, a Pedra do Macuco oferece opções de trilhas, escaladas e moutain bike. (Leia mais sobre Santana do Deserto).

Distância de Juiz de Fora: 46 km
Tempo de deslocamento: 1 hora

7. Paraíba do Sul

Parque das Águas Minerais Salutaris, em Paraíba do Sul, Rio de Janeiro
Parque das Águas Minerais Salutaris, em Paraíba do Sul, Rio de Janeiro. Créditos: Iracema Martins

Paraíba do Sul está localizada no estado do Rio de Janeiro e ainda é desconhecida pelo grande público, o que é uma pena, já que a cidade é muito charmosa, ideal para quem quer fugir da correria dos grandes centros e respirar um pouco de ar puro.

O principal ponto turístico da cidade é o Parque das Águas Minerais Salutaris, que deu a Paraíba do Sul o título de “Rainha das Águas Minerais”. Nele encontramos três fontes com tipos diferentes de águas. A primeira é composta por água alcalina, a segunda por água ferruginosa e a terceira por água magnesiana. Dentro desse imenso complexo, temos ainda quadras poliesportivas, campinhos, horto, lago, parquinhos, quiosques e pistas de skate. Um passeio com atrativos para todas as idades!

Distância de Juiz de Fora: 77 km
Tempo de deslocamento: 1h15

A lista de cidades para conhecer em um bate e volta partindo de Juiz de Fora poderia ser muito mais extensa, visto que a nossa região abrange municípios de grande importância histórica, com rico patrimônio cultural e paisagens incomparáveis. Quer conhecer mais alguns destinos? Então leia o nosso artigo sobre lugares para curtir o frio perto de Juiz de Fora e inspire-se.

Boa viagem!

Viajei Bonito

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia