Quando a minha empresa deve anunciar nas redes sociais?

Anúncios são grandes trunfos para ampliar sua área de atuação e aumentar sua vendas. Saiba um pouco mais sobre o assunto e veja se a sua empresa deve anunciar nas redes sociais.

Por Diogo Garcia

31/10/2017 às 10h26 - Atualizada 31/10/2017 às 10h26

Há algum tempo o Twitter Ads realizou a abertura de sua rede social para quem deseja fazer uma conta com o puro objetivo de anunciar. A medida tem como alvo as pequenas e médias empresas. Segundo o site Twitter for Business, hoje existem mais de 255 milhões de usuários ativos no Twitter. Estes usuários publicam uma média de 500 milhões de tweets por dia. Cada usuário segue em média seis marcas ou mais. Com estas informações, já conseguimos mensurar o potencial dessa ferramenta e consequentemente as oportunidades que a sua empresa não pode perder com esse cenário.

Além do Twitter, outras plataformas também se abriram para os anunciantes como por exemplo o famoso Instagram e o Linkedin. Neste post vamos falar um pouco delas, qual o melhor formato de anúncio e o que os usuários estão esperando encontrar nos anúncios, que devem ser adaptados para a linguagem de cada mídia.

Por ser uma plataforma de anúncios mais complexa e a mais utilizada, vamos dedicar em breve um post exclusivo só para o Facebook Ads e por isso não vamos tratar dele nesse post. Mas se você é muito curioso e anunciar no Facebook é o seu negócio, veja o nosso ebook com super dicas sobre os links patrocinados em 5 minutos para já ir esquentando!

Twitter Ads

No Twitter Ads não há um valor específico ou fixo para investimento, eles são definidos através de um leilão. Você pode participar através de um lance automático (onde a própria plataforma irá automatizar os lances automaticamente para você) ou o lance máximo, onde é possível selecionar manualmente quanto você está disposto a pagar por um lead, clique ou engajamento no seu negócio.

A plataforma de anúncios do Twitter pode ser utilizada com dois formatos para os anúncios

  1. Promover sua conta

Nessa opção, o Twitter faz uma busca por perfis que são semelhantes aos seus seguidores através dos interesses em comum e então oferece a sua empresa nas opções “quem seguir”, que fica localizada no canto superior direito, para tal perfil. Assim, você conseguirá novos seguidores para sua página. Pode ser uma boa estratégia se o seu objetivo for aumentar o engajamento das pessoas com a sua marca nesta rede social.

  1. Tweets promocionais

As postagens são constantemente monitoradas pelo twitter, e assim sendo, promove aquelas que tiveram um maior nível de engajamento e divulga os melhores automaticamente. Se não há atualizações, o Twitter promove os mais engajados nos melhores dias e horários da sua conta. Você só terá que pagar caso alguém interaja ou siga com sua postagem, porém não pagará pela visualização.

Dentre as restrições para anúncios no Twitter estão: Anúncios de produtos potencialmente enganosos ou perigosos, anúncios do tipo “fique rico rapidamente”, anúncios incentivando publicação de spam ou aqueles que incentivam usuários a compartilhar informações de acesso.

Instagram 

O Instagram é um dos recentes integrantes destes grupos de redes sociais abertas para a publicidade. Antes de entrar neste elenco, a rede realizou testes nos EUA e Reino Unido para averiguar a aceitação dos usuários e aumentar a experiência das empresas com a publicidade naquele formato de rede social.

Os resultados foram dentro do esperado. Se por um lado os usuários se viram atemorizados pela ideia de que os anúncios pudessem atrapalhar a funcionalidade e a usabilidade do app, as empresas enxergaram na situação mais um bom canal para comunicar-se, principalmente com os jovens, que são maioria nesta rede. Mantendo a mesma política de introduzir os anúncios vagarosamente na timeline dos usuários, somente um seleto grupo de agências e marcas brasileiras pôde experimentar a nova ferramenta, entre elas Avon, Visa, Coca-Cola, Vivo, Volkswagen entre outras. A aposta é que estas empresas fariam campanhas criativas e de maior aceitação do público.O que diferencia um post normal é a tag “sponsored” no anto superior esquerdo do post.

O conteúdo continua após o anúncio

Quais as vantagens em se investir nisso?

O objetivo dos anúncios no Instagram é ampliar o contato entre clientes e potenciais clientes na rede. A pegada dos anúncios deve ser de entretenimento e qualidade. O usuário quer continuar se divertindo nessa rede. Ele pode curtir o anúncio e começar a seguir a página ou ainda fazer um feedback a respeito do assunto, no botão reticências.

A vantagem de se anunciar no Instagram é a alta presença de usuários jovens, que são de grande interesse para as marcas e anunciantes. A rede já conta com uma base de 300 milhões de contas e essa é a rede social que mais cresce no momento.

 

Linkedin Ads

Sim, o site de relacionamento profissional mais popular do mundo também possui sua estrutura própria de anúncios. Apesar de não ser a primeira opção dos anunciantes, o Linkedin Ads possui uma grande vantagem: Além de direcionar seu anúncio por região, sexo, idade e demais variáveis que os outros serviços oferecem, no Linkedin Ads é possível segmentar seu público por setor de mercado, tamanho da empresa e até cargos desejados. Desta forma o anúncio consegue ser bem preciso.

Apesar do preço um pouco acima das outras ferramentas, o Linkedin Ads é considerado a ferramenta com maior assertividade no público corporativo, e o retorno pode valer a pena, a depender da qualidade da sua campanha. Só no Brasil, o Linkedin já conta com mais de 11 milhões de profissionais cadastrados.

Assim como nas outras plataformas, os anúncios mais relevantes serão mostrados com mais freqüência que anúncios mais pobres, que irão puxar para baixo o desempenho geral da campanha. Recomenda-se utilizar uma imagem pequena (50×50 pixels) e o texto deve ser focado em chamar a atenção e motivar diretamente o público. Incluir ofertas pode ser uma boa, bem como uma opção call to action para incitar uma resposta à sua mensagem.

Independente da plataforma de anúncios que você irá optar para sua empresa, o mais importante é ter em mente que a sua proposta deve estar alinhada com o que tal rede social prega. Seu conteúdo deve ser coerente, suas postagens devem estar em dia e com uma campanha capaz de gerar ainda mais resultados para sua empresa.

Ficou com alguma dúvida ou tem alguma pergunta pra mim?  Envie um email para [email protected] que conversamos melhor.

Até o próximo post!

Diogo Garcia

Diogo Garcia

Sou empreendedor digital desde 2008, a frente de empresas como o portal de conteúdo educacional Ecaderno.com, a agência de marketing digital Grupo Emídia e o site de bolsas de estudo To de Bolsa. Um incansável estudioso das estratégias de marketing digital e vendas online e que acredita que este é o caminho para as empresas prosperarem. O digital não é o futuro, é o presente !

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia