Vídeos no Facebook: por que começar e o que você deve saber

Tudo que você precisa saber sobre vídeos no Facebook e porque começar a usá-lo.

Por Diogo Garcia

12/07/2017 às 10:41hs - Atualizada 13/07/2017 às 10:08hs

Segundo o Facebook, oito de cada dez vídeos da internet são encontrados em sua plataforma, tendo sido compartilhados ou postados por algum usuário. Neste post do #OnMarketing vamos discutir sobre a eficiência da utilização dos posts em vídeo para Facebook, porque você deve começar hoje mesmo a aderir essa estratégia e tudo que você precisa saber sobre esse recurso.

Em números absolutos, o Facebook já ultrapassou o Youtube. Através da ferramenta do autoplay (o vídeo já começa a ser executado na sua linha do tempo automaticamente), descobriu-se que as pessoas têm mais acesso a um volume maior de conteúdo e desde junho de 2014, a média tem sido 1 bilhão de visualizações por dia. Essa foi a estratégia adotada pela empresa para diminuir o custo por visualização para os anunciantes.

Uma dica valiosa é subir o seu vídeo na própria plataforma do Facebook, e não por outras plataformas como o Youtube por exemplo. Desta forma o algoritmo do Facebook te dará preferência para exibir o seu conteúdo na timeline.

Por quê Vídeo?

De acordo com um levantamento feito pelo Facebook em 2014, seus usuários publicaram diretamente na plataforma 75% mais vídeos do que no ano anterior, provando que este é o formato que caiu no gosto do público.  As redes sociais são um espaço democrático e dinâmico e quem define o seu uso são as pessoas e por isso, os posts devem estar adaptados ao conteúdo e ao formato que as elas gostam de consumir.

Os próprios números já mostram que o engajamento deles com essa peça é muito superior ao engajamento com imagens e textos. Com a diminuição do alcance orgânico, os vídeos surgiram como uma proposta para chamar atenção e ser priorizado pelo algoritmo do Facebook.

Outro elemento que também ganha importância nesse contexto é o crescimento do uso dos dispositivos móveis. 65% de todas as visualizações diárias vêm dos smartphones.

Devo investir em anunciar meu vídeo?

Uma das opções possíveis é anunciar seus vídeos na plataforma. Desta forma você participa de um leilão, no qual seu vídeo receberá um lance total. O lance total é formado pelo quanto você está disposto a pagar por clique, impressão ou conversão +  a qualidade intrínseca do vídeo. A qualidade intrínseca é medida pela experiência que o anúncio traz ao ecossistema do Facebook. Segundo a empresa, a experiência deve ser positiva para o usuário.

O investimento está atrelado à relevância da mensagem. Quanto maior for a relevância do seu vídeo, menor será o custo pago por conversão. Como a mensagem em vídeo é mais valorizada do que a mensagem na forma de imagem por exemplo, anunciar em vídeo pode ser um investimento bem aplicado.Vale lembrar que se você deseja anunciar pelo Facebook, somente 20% do seu vídeo pode ter informações de texto. Caso contrário ele será vetado pela plataforma!

Qual deve ser a estética do meu vídeo?

Um boa notícia é que não é necessário que você faça uma super produção. Porém, cuidados básicos com a gravação, conteúdo, roteiro e criatividade são muito bem vindos. Os primeiros segundos do seu vídeo devem ser de impacto. O Facebook contabiliza como uma visualização não completa para quem assistiu a 3 segundos do seu vídeo ou mais.

Segundo a agência de estatística de redes sociais Socialbakers, vídeos mais curtos, de menos que 21 segundos geram maior engajamento que os vídeos mais longos.

É importante ter em mente que as pessoas estão nas redes sociais buscando se entreter e se informar, dessa forma, falar a linguagem da rede social e ter criatividade para produzir seu vídeo, são elementos fundamentais para o sucesso.

O conteúdo continua após o anúncio

#FiqueSabendo: cada visualização completa é contabilizada quando o usuário assiste a 95% do conteúdo de seu vídeo. O Facebook reserva esse espaço de 5% para os créditos ou comerciais.

Quais são as recomendações técnicas para um bom vídeo no Facebook?

Segundo o próprio Facebook sugere, a forma mais fácil de otimizar os seus vídeos, é carregá-los no formato HD. Se exportar através de um programa de edição como o Final Cut, iMovie, Premiere e etc, as recomendações padrão são:

1) Vídeo H.264 com áudio AAC em formato MOV ou MP4

2) Uma taxa de proporção com, no máximo, 1280 px de largura e divisível por 16 px

3) Uma taxa de fotogramas de 30 fps ou menos

4) Áudio estéreo com uma frequência de 44.100 Hz

Quero começar!

Essas são algumas das dúvidas mais comuns quando se trata de começar a fazer anúncios no formato de vídeo para o Facebook. Gostou da ideia? Saiba mais em melhores idéias de anúncios para Facebook e se inspire ainda mais!

Se ficou com alguma dúvida, você pode enviar um email para [email protected] que conversamos melhor. Até o próximo post!

 

Diogo Garcia

Diogo Garcia

Sou empreendedor digital desde 2008, a frente de empresas como o portal de conteúdo educacional Ecaderno.com, a agência de marketing digital Grupo Emídia e o site de bolsas de estudo To de Bolsa. Um incansável estudioso das estratégias de marketing digital e vendas online e que acredita que este é o caminho para as empresas prosperarem. O digital não é o futuro, é o presente !

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia