Para onde está indo meu investimento em Marketing?

Você consegue saber especificamente pra onde está indo seu investimento em marketing digital? Nosso post pode ajudá-lo a ter mais controle e a buscar resultados mais assertivos. Confira!

Por Diogo Garcia

07/11/2017 às 16h12 - Atualizada 07/11/2017 às 16h12

Se você já percebeu a importância do marketing digital no presente, está no caminho certo. De acordo com dados do Ebit¹, 48 milhões de brasileiros compraram pela internet em 2016, um aumento de 22% em relação a 2015. Tudo isso em tempos de crise. Não dá pra ignorar a evolução do mercado e você já sabe disso. Mas e os meus resultados, cadê?

Resultados dependem de dados

Se tem uma coisa que adoramos no Digital é que é possível medir tudo. Mesmo assim, de acordo com a HubSpot², 60% dos donos de pequenos negócios não sabem como medir os resultados de suas ações de marketing digital.

Em primeiro lugar, quais são esses resultados que você espera encontrar? Mais conhecimento da sua marca ou negócio, melhor relacionamento com seus clientes ou mais curtidas na sua página? São vários os benefícios que o marketing digital pode te trazer.

Mas, no fim das contas, o objetivo de toda empresa é vender mais. É aí que pode residir um problema de alinhamento: não saber se o seu investimento está te trazendo oportunidades de venda e, consequentemente, retorno financeiro. Para ter essa noção, uma das primeiras medidas é organizar o setor comercial.

E isso não só em uma loja virtual: quando você investe em marketing, deve levar em conta o que está tendo de retorno. Esse é o famoso ROI (Retorno sobre o Investimento) e, para resumir, ele é um cálculo que leva em conta todos os seus gastos com marketing e o retorno que eles trouxeram ao seu negócio. O ideal é que você calcule o ROI de todas as suas mídias e ações: anúncios no Facebook, no Instagram, no Google Adwords e onde mais investir.

Medindo agora mesmo

Para começar, basta registrar todas as suas vendas em um mês. Você já faz isso, certo? 

Agora, tendo esses dados em mente, vamos a um exemplo. Você vê que as vendas em janeiro, fevereiro e março foram muito semelhantes, mas as visitas ao seu site cresceram exponencialmente. Se isso está acontecendo, você está com um problema em mãos. Quanto mais visitas, mais investimento necessário para manter seu site, por exemplo. Converter essas visitas em negócios fechados é obrigação para manter o seu ROI aceitável. Senão o marketing estará apenas te gerando mais gastos. A menos, claro, que o seu produto tenha um ciclo de venda muito longo.

O conteúdo continua após o anúncio

Em outro exemplo, vamos supor que você fez um investimento em anúncios no Facebook em janeiro e fevereiro, com o objetivo de vender um produto específico na sua loja. Primeiro, você precisará saber quantas pessoas visualizaram seu anúncio e quantas compraram o produto no mesmo período. Houve aumento na procura depois do investimento? Em março, depois que o anúncio terminou, os números caíram? São dados que você precisa ter em mente.

O Marketing de Performance é uma abordagem que permite que a gente encontre o erro: as visitas chegando são de pessoas qualificadas para comprar de você? O seu departamento comercial está aproveitando o aumento de oportunidades de venda? Sabendo dos detalhes e dos números, com certeza a sua estratégia de marketing e vendas vai ser muito mais assertiva e você conseguirá ter mais noção dos resultados. Muitas vezes, basta começar a medir os dados para saber se a estratégia realizada é a que sua empresa realmente precisa.

Ficou com alguma dúvida?  Envie um email para [email protected] que conversamos melhor.

Até o próximo post!

Referências:

¹Ebit: Webshoppers 35

²HubSpot: Marketing Statistics

Diogo Garcia

Diogo Garcia

Sou empreendedor digital desde 2008, a frente de empresas como o portal de conteúdo educacional Ecaderno.com, a agência de marketing digital Grupo Emídia e o site de bolsas de estudo To de Bolsa. Um incansável estudioso das estratégias de marketing digital e vendas online e que acredita que este é o caminho para as empresas prosperarem. O digital não é o futuro, é o presente !

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia