Cuidado com os picaretas da suspensão e a máfia da cambagem

Por Dudu Mazzei

19/10/2017 às 17h20 - Atualizada 31/10/2017 às 06h49

Tenho acompanhado um número cada vez maior de vítimas de golpes aplicados por “treteiros” que trabalham com suspensão e alinhamento.

Vou explicar…

Golpe da promoção

Ao comprar pneus novos, você “ganha” um check-up. A treta é que alguns inescrupulosos alegam que seu carro está com a suspensão e/ou direção perigosas, precisando de substituir vários componentes. Apresentam um orçamento caro, porém facilitam o pagamento em várias parcelas. Se você aceita, além de jogar dinheiro fora, o reparador desonesto coloca peças de baixa qualidade. Isso quando realmente as troca. Agora, o pior! Pegamos vários carros em minha oficina que chegaram com componentes desapertados por estes picaretas com a intenção de assustar os clientes que escaparam de suas armadilhas! Vê se pode!!!

Aparelhos modernos e profissionais gabaritados garantem serviços precisos e de alta qualidade. (Foto: Dudu Mazzei)

Máfia da cambagem

 Você leva seu carro para fazer o famigerado alinhamento e o alinhador diz que seu carro carece corrigir a cambagem – que é a inclinação da roda em relação ao chão. Ou isso não é necessário – ou se é, te cobram um absurdo para executar esta correção. Ou ainda, alegam que este procedimento deve ser feito em outra “oficina especializada”, indicada por eles (que recebem por isso uma generosa propina). Lascou! Vão te cobrar R$350, R$500! Conheço casos de mais de R$1 mil. E o curioso é que geralmente o dono do carro não pode presenciar o “serviço”!!! Captou, né?

Clique no link e assista ao vídeo que fiz para o Giro Motor

O conteúdo continua após o anúncio

Quando esta correção de cambagem realmente é executada, nem sempre o método empregado é o recomendado. Mal feito, danifica diversos componentes e coloca sua vida em risco.

Consulte sempre uma oficina de confiança, pois existem muitos reparadores automotivos criteriosos e de boa reputação. Informe-se! Encontra-los não é tão difícil assim.

Reflita: “Se você acha caro a competência, experimente a incompetência”.

Dúvidas, comentários? Meu WhatsApp é 32-987043483

Passou por experiência semelhante, que dar sua opinião sobre este assunto? Escreva nos comentários abaixo.

 

Dudu Mazzei

Dudu Mazzei

Nascido e criado em JF, formado em Técnico de Mecânica no CTU da UFJF, mecânico desde 1984, tenho uma oficina de carros desde 1986, sou jornalista e fotógrafo desde 1989. Participo de provas de automobilismo há mais de 35 anos como mecânico/preparador, fotógrafo ou jornalista. Às vezes, todas as funções ao mesmo tempo. Sou também consultor automobilístico e instrutor de mecânica de autos.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia